Igreja Católica Etíope

http://pt.dbpedia.org/resource/Igreja_Católica_Etíope

A Igreja Católica Etíope é uma igreja particular oriental sui juris em comunhão com a Igreja Católica. Isto quer dizer que ela, nunca abandonando as suas veneráveis tradições e ritos litúrgicos orientais, aceita a autoridade e primazia do Papa. Unida formal e oficialmente à Santa Sé em 1839 (ou em 1846), esta Igreja foi fruto de uma cisão ocorrida na Igreja Ortodoxa Etíope, que não aceita a autoridade papal.
Igreja Católica Etíope 
A Igreja Católica Etíope é uma igreja particular oriental sui juris em comunhão com a Igreja Católica. Isto quer dizer que ela, nunca abandonando as suas veneráveis tradições e ritos litúrgicos orientais, aceita a autoridade e primazia do Papa. Unida formal e oficialmente à Santa Sé em 1839 (ou em 1846), esta Igreja foi fruto de uma cisão ocorrida na Igreja Ortodoxa Etíope, que não aceita a autoridade papal. Desde 1999, esta Igreja oriental é governada pelo Arcebispo Metropolita Berhaneyesus Demerew Souraphiel, juntamente com o seu Concílio de Hierarcas , mas sempre sob a supervisão do Papa. Actualmente, a Igreja Etíope conta com cerca de 210 mil fiéis, concentrados na sua esmagadora maioria no norte da Etiópia e na Eritreia. O seu rito litúrgico é de tradição alexandrina e a sua língua litúrgica é o ge'ez. Apesar disso, o rito litúrgico desta Igreja sofreu latinizações: como por exemplo, os clérigos etíopes tendem a usar a batina e o colarinho (de rito romano), que não pertence nem à tradição etíope nem à tradição oriental. 
xsd:nonNegativeInteger 85 
xsd:integer 2318094 
xsd:nonNegativeInteger 5363 
xsd:integer 43607773 

data from the linked data cloud