Henrique I de Portugal

http://pt.dbpedia.org/resource/Henrique_I_de_Portugal an entity of type: Thing

Henrique I de Portugal (Lisboa, 31 de janeiro de 1512 — Almeirim, 31 de janeiro de 1580) foi o décimo-sétimo Rei de Portugal, tendo governado entre 1578 e a sua morte, 1580.Ocasionalmente é chamado de Dom Henrique II por alguns autores, em virtude de ser o segundo chefe de Estado de Portugal chamado Henrique, tendo-se em linha de conta o conde D. Henrique, por aqueles chamado de D. Henrique I. É conhecido pelos cognomes de O Casto (devido à sua função eclesiástica, que o impediu de ter descendência legítima), O Cardeal-Rei (igualmente por ser eclesiástico) ou O Eborense / O de Évora (por ter sido também arcebispo daquela cidade e aí ter passado muito tempo, e inclusivamente fundado a primeira Universidade de Évora, entregue à guarda dos Jesuítas), transformando Évora num pólo cultural impo
Henrique I de Portugal 
Senhor 
xsd:integer 1533 
xsd:integer 1547 
xsd:integer 1562 
xsd:integer 1564 
xsd:integer 1578 
: 1540 – 1564 
: 1574 – 1578 
xsd:integer 13 
Ornamented Royal Coat of Arms of Cardinal Henry I of Portugal.svg 
xsd:integer 16 
Festina lente 
xsd:integer 28 
Frei Diogo da Silva 
Vossa Alteza Real 
Sua Alteza Real 
Arcebispo de Évora 
xsd:integer 125  225 
xsd:integer 200 
Brasão de armas reais e cardinalícias de D. Henrique de Portugal 
Dom Henrique I 
(D. Henrique de Portugal) 
D. Henrique I 
N.B. O Cardeal-Rei não usou a forma Sua Majestade, que já havia sido utilizada pelo seu sobrinho D. Sebastião, por considerar o tratamento majestático apenas adequado para o divino. 
O Casto 
— 
Cardeal 
xsd:integer 60 
xsd:integer 90 
xsd:integer 100 
xsd:integer 150 
Cardeal-presbítero dos Santos Quatro Coroados 
Rei de Portugal 
90px 
Reivindicaram: Catarina de Portugal, António de Portugal e Filipe II de Espanha 
Henrique I de Portugal (Lisboa, 31 de janeiro de 1512 — Almeirim, 31 de janeiro de 1580) foi o décimo-sétimo Rei de Portugal, tendo governado entre 1578 e a sua morte, 1580. Ocasionalmente é chamado de Dom Henrique II por alguns autores, em virtude de ser o segundo chefe de Estado de Portugal chamado Henrique, tendo-se em linha de conta o conde D. Henrique, por aqueles chamado de D. Henrique I. É conhecido pelos cognomes de O Casto (devido à sua função eclesiástica, que o impediu de ter descendência legítima), O Cardeal-Rei (igualmente por ser eclesiástico) ou O Eborense / O de Évora (por ter sido também arcebispo daquela cidade e aí ter passado muito tempo, e inclusivamente fundado a primeira Universidade de Évora, entregue à guarda dos Jesuítas), transformando Évora num pólo cultural importante, acolhendo alguns vultos da cultura de então: Nicolaus Clenardus, André de Resende, Pedro Nunes, António Barbosa, entre outros. 
xsd:nonNegativeInteger 228 
Dom Henrique I 
xsd:integer 16750 
xsd:nonNegativeInteger 19065 
xsd:integer 44733868 

data from the linked data cloud