Guerra da Coreia

http://pt.dbpedia.org/resource/Guerra_da_Coreia an entity of type: Thing

A Guerra da Coreia foi travada entre 25 de junho de 1950 a 27 de julho de 1953, opondo a Coreia do Sul e seus aliados, que incluíam os Estados Unidos e o Reino Unido, à Coreia do Norte, apoiada pela República Popular da China e pela antiga União Soviética. O resultado foi a manutenção da divisão da península da Coreia em dois países.Os Estados Unidos e 20 outros países das Nações Unidas ofereceram assistência para repelir a tentativa de reunificação das duas Coreia, por parte da Coreia do Norte, sob o regime comunista.
Guerra da Coreia 
xsd:integer 282 
xsd:integer 36574 
xsd:integer 103284 
xsd:integer 137899 
xsd:integer 150000 
xsd:integer 215000 
xsd:integer 450742 
Total: 178 224 mortos 
Total: 750 000 mortos 
Mao Tsé-Tung 
Choi Yong-kun 
Chung Il-kwon 
Deng Hua 
Douglas MacArthur 
Kim Chaek 
Kim Il-Sung 
Mark W. Clark 
Matthew Ridgway 
Paik Sun-yup 
Pak Hon-yong 
Peng Dehuai 
Shin Sung-mo 
Son Won-il 
Syngman Rhee 
xsd:integer 25 
xsd:integer 14198 
xsd:integer 26000 
xsd:integer 266600 
xsd:integer 326863 
xsd:integer 602902 
xsd:integer 1350000 
( e outros) 
Total: 1 642 600 combatentes 
Total: 972 214 combatentes 
Korean War Montage 2.png 
Guerra da Coreia 
* 2,5 milhões de civis mortos ou feridos 
Cessar-fogo e estabelecimento de uma zona desmilitarizada no Paralelo 38° N, que separa as duas Coreias. 
Parte da Guerra Fria 
A Guerra da Coreia foi travada entre 25 de junho de 1950 a 27 de julho de 1953, opondo a Coreia do Sul e seus aliados, que incluíam os Estados Unidos e o Reino Unido, à Coreia do Norte, apoiada pela República Popular da China e pela antiga União Soviética. O resultado foi a manutenção da divisão da península da Coreia em dois países. A península da Coreia é cortada pelo paralelo 38° N, uma linha demarcatória que divide dois exércitos, dois Estados: a República da Coreia, a sul, e a República Popular Democrática da Coreia, ao norte. Essa demarcação, existente desde 1945 por um acordo entre os governos de Moscou e Washington, dividiu o povo coreano em dois sistemas políticos opostos: no norte o comunismo apoiado pela União Soviética, e, no sul, o capitalismo apoiado pelos Estados Unidos. A incapacidade de realizar eleições livres em toda a Península coreana, em 1948, aprofundou a divisão entre os dois lados, o do Norte estabeleceu um governo comunista, enquanto o Sul estabeleceu um governo de direita. O paralelo 38 tornou-se cada vez mais uma fronteira política entre os dois Estados coreanos. Embora as negociações de reunificação continuassem nos meses que antecederam a guerra, a tensão se intensificou. Escaramuças transfronteiriças e incursões cruzando o paralelo 38 persistiram. A situação se transformou em guerra aberta quando as forças norte-coreanas invadiram a Coreia do Sul em 25 de junho de 1950. Em 1950, a União Soviética boicotou o Conselho de Segurança das Nações Unidas, em protesto contra a representação da China pelo governo da República da China, que se refugiara em Taiwan a seguir a derrota na Guerra Civil Chinesa. Na ausência da voz dissidente da União Soviética, que poderia ter vetado, os Estados Unidos e outros países passaram a resolução de número 84, em 7 de julho, no Conselho de Segurança autorizando a intervenção militar na Coreia. Os Estados Unidos e 20 outros países das Nações Unidas ofereceram assistência para repelir a tentativa de reunificação das duas Coreia, por parte da Coreia do Norte, sob o regime comunista. 
xsd:integer 22 
China 
( e outros) 
xsd:integer 30511 
xsd:integer 44825719 
Parte daGuerra Fria 
103 284 feridos 
137 899 mortos e 
150 000-400 000 mortos 
215 000-350 000 mortos e 303 000 feridos 
282 mortos 
36 574 mortos e 
450 742 feridos 
Total: 178 224 mortos 
Total: 750 000 mortos 
( e outros) 
22pxONU: 
China 
* 2,5 milhões de civis mortos ou feridos 
Cessar-fogo e estabelecimento de uma zona desmilitarizada noParalelo 38° N, que separa as duas Coreias. 
xsd:nonNegativeInteger 196 
xsd:nonNegativeInteger 57432 

data from the linked data cloud