Gran Sasso

http://pt.dbpedia.org/resource/Gran_Sasso an entity of type: Thing

O Gran Sasso (italiano para pedra grande) é um maciço localizado na região de Abruzzo, na Itália central. Também é a peça central do parque nacional chamado Parco Nazionale del Gran Sasso e Monti della Laga (estabelecido em 1991). As cidades mais próximas são Téramo e L'Aquila. O pico mais alto de Gran Sasso é Corno Grande, com 2 912 metros de altitude.
Gran Sasso 
xsd:integer 2912 
Gran sasso italia.jpg 
Corno Grande, o pico mais alto do Gran Sasso d'Italia, visto do Campo Imperatore 
xsd:integer 42 
xsd:integer 28 
xsd:integer
xsd:integer 13 
xsd:integer 33 
xsd:integer
Italy relief location map.jpg 
Gran Sasso d'Italia 
Guillaume Dargaud's Gran Sasso climbing page 
Laboratori Nazionali del Gran Sasso website 
Parco Nazionale del Gran Sasso e Monti della Laga 
xsd:double 2912.0 
Itália 
O Gran Sasso (italiano para pedra grande) é um maciço localizado na região de Abruzzo, na Itália central. Também é a peça central do parque nacional chamado Parco Nazionale del Gran Sasso e Monti della Laga (estabelecido em 1991). As cidades mais próximas são Téramo e L'Aquila. O pico mais alto de Gran Sasso é Corno Grande, com 2 912 metros de altitude. Na base dos picos está a extensa planície Campo Imperatore, conectada com as vilas de esqui de Prati di Tivo e Fonte Cerreto via teleféricos e estradas que ficam fechadas no inverno. Um hotel em Campo Imperatore é um famoso local onde o ditador italiano Benito Mussolini foi aprisionado no verão de 1943 até seu resgate por Otto Skorzeny e comandos alemães que aterrissaram de asa delta em 12 de setembro. A planície também é o local da estação do Campo Imperatore do Observatório de Roma, de onde a Busca de Objetos Próximos à Terra de Campo Imperatore e outros estudos astronômicos são conduzidos. No começo dos anos 1980 dois grandes túneis de 10 km em extensão foram construídos abaixo do Gran Sasso para que fosse construída uma estrada conectando L'Aquila com Téramo. Apesar dos escavadores do túnel terem atingido um aquífero natural, liberando uma inundação que matou sete trabalhadores, os túneis foram inaugurados em 1984. Um outro projeto foi a construção de um laboratório de física subterrâneo, o Laboratori Nazionali del Gran Sasso, ao longo da pista sentido oeste do túnel. Muitos experimentos baseados lá estudam neutrinos ou pesquisam a matéria escura, projetos possíveis graças à proteção que a montanha dá em relação aos raios cósmicos. Tanto o túnel quanto o laboratório enfrentam forte oposição dos grupos ambientalistas locais devido a sua interferência no aqüífero, presença em um parque nacional e um vazamento químico de pequena escala no laboratório em 2002. Em Março de 2005, foi anunciado que um pico de 2424 m no maciço do Gran Sasso será nomeado em homenagem ao Papa João Paulo II. O pico está localizado em uma região que ele frequentemente visitava. Uma cerimônia de renomeação aconteceu no aniversário de 85 anos do Papa (18 de maio de 2005).. 
xsd:nonNegativeInteger 30 
Gran Sasso d'Italia 
xsd:integer 528803 
xsd:nonNegativeInteger 3458 
xsd:integer 39234320 

data from the linked data cloud