Giovanni Villani

http://pt.dbpedia.org/resource/Giovanni_Villani an entity of type: Thing

Giovanni Villani (c. 1276 - 1348) foi um banqueiro, diplomata e cronista italiano florentino, a quem é atribuída a obra Nuova Cronica (Novas Crónicas) acerca da história da cidade de Florença. Ocupou o cargo de alto representante de estado, mas ganhou uma má reputação, tendo sido preso como resultado da bancarrota da sua empresa bancária e de negócios. O seu interesse na área da recolha de detalhes económicos, informação estatística e o seu conhecimento na área da política e psicologia fizeram dele um dos cronistas mais modernos da alta idade média europeia. A sua Cronica é vista como a primeira introdução da estatística como um elemento positivo na história.
Giovanni Villani 
xsd:integer 1348 
xsd:integer 1276 
Giovanni villani 1.JPG 
xsd:integer 250 
xsd:integer 25 
Estátua de Giovanni Villani na Loggia del Mercato Nuovo 
Florença 
Italiana 
Giovanni Villani 
Banqueiro, oficial, diplomata e cronista 
Giovanni Villani (c. 1276 - 1348) foi um banqueiro, diplomata e cronista italiano florentino, a quem é atribuída a obra Nuova Cronica (Novas Crónicas) acerca da história da cidade de Florença. Ocupou o cargo de alto representante de estado, mas ganhou uma má reputação, tendo sido preso como resultado da bancarrota da sua empresa bancária e de negócios. O seu interesse na área da recolha de detalhes económicos, informação estatística e o seu conhecimento na área da política e psicologia fizeram dele um dos cronistas mais modernos da alta idade média europeia. A sua Cronica é vista como a primeira introdução da estatística como um elemento positivo na história. Contudo, o historiador Kenneth R. Bartlett nota que, em contraste com os seus sucessores renascentistas, "a sua dependência em factores tais como a Providência Divina estabelece uma forte ligação de Villani à tradição cronista medieval." Por diversas vezes na sua Cronica Villani realça a relação do pecado e da moralidade com eventos históricos, afirmando que o excesso leva ao desastre, que as forças do bem e do mal estão em luta constante e que os acontecimentos históricos são directamente influenciados pela vontade de Deus. Villani recebeu inspiração para escrever a sua Cronica após assistir ao Jubileu em Roma em 1300 e reparar na história venerável daquela cidade. Os eventos na sua Cronica foram descritos ano por ano, usando uma narrativa estritamente linear. Villani fornece uma vasta quantidade de detalhes sobre muitos acontecimentos históricos importantes da cidade de Florença e da região da Tuscana, incluindo construções, fomes, pestes, incêndios e cheias. Villani morreu enquanto ainda trabalhava na sua Cronica, detalhando a grande matança causada pela Peste Negra em 1348 tendo a sua morte ficado a dever-se a esta doença. A sua obra foi continuada pelo seu irmão e o seu sobrinho. Os historiadores modernos dividem as suas opiniões sobre Villani entre elogios e críticas à sua obra, sendo que a maior parte das críticas advém do ênfase dado à influência do sobrenatural sobre os acontecimentos, à organização da obra e à sua glorificação de Florença e do papado. 
xsd:nonNegativeInteger 44 
Giovanni Villani 
xsd:integer 2795854 
xsd:nonNegativeInteger 18650 
xsd:integer 43469661 

data from the linked data cloud