Frederico III da Alemanha

http://pt.dbpedia.org/resource/Frederico_III_da_Alemanha an entity of type: Thing

Frederico III (Potsdam, 18 de outubro de 1831 – Potsdam, 15 de junho de 1888) foi o Imperador Alemão e Rei da Prússia por 99 dias em 1888, o Ano dos Três Imperadores. Era o único filho do imperador Guilherme I e foi criado na tradição familiar de serviço militar. Apesar de celebrado quando jovem por sua liderança e sucesso durante as guerras dos Ducados de Elba, a Austro-Prussiana e a Franco-Prussiana, ele declarou seu ódio ao conflito armado e foi elogiado por tanto amigos quanto inimigos por sua conduta humana. Depois da Unificação Alemã em 1871, seu pai, então Rei da Prússia, tornou-se Imperador Alemão. O trono passou para Frederico quando Guilherme morreu aos noventa anos em 9 de março de 1888. Ele estava sofrendo de câncer de laringe e morreu em 15 de junho, aos 56 anos, depois de vár
Frederico III da Alemanha 
Senhor 
xsd:integer 1900  1948  1964  1978  1981  1994  1995  1998  2003 
xsd:integer 102307 
University of Chicago Press 
American Historical Association 
Cambridge University Press 
Greenwood Publishing Group 
Houghton Mifflin 
Macmillan 
Simon and Schuster 
Weidenfeld and Nicholson 
Continuum International Publishing Group 
Alan Sutton 
Verlag Von Paul Kittel 
xsd:integer 100 
Friedrich 3º.jpg 
xsd:integer 245 
xsd:integer
xsd:integer 978 
xsd:integer 393006611 
The American Historical Review 
Berlim 
Boston 
Chicago 
Londres 
Cambridge 
Gloucester 
Nova Iorque 
Novo Palácio, Potsdam, 
Igreja da Paz, Potsdam, Alemanha 
Frederico III 
Andrew 
John 
Giles 
Frank 
Hermann 
Michael 
Patricia 
Hannah 
Jonathan 
Andreas 
Frederico III da Alemanha 
James J. 
Frederico Guilherme Nicolau Carlos 
xsd:integer
xsd:integer 11475860 
xsd:integer
harv 
xsd:integer
a 15 de junho de 1888 
Tipton 
Sheehan 
Balfour 
Sinclair 
Röhl 
Van der Kiste 
Dorpalen 
Kollander 
MacDonogh 
Mueller-Bohn 
Pakula 
Sperber 
Imperador Alemão e Rei da Prússia 
Esposa 
An Uncommon Woman - The Empress Frederick: Daughter of Queen Victoria, Wife of the Crown Prince of Prussia, Mother of Kaiser Wilhelm 
The Other Victoria: The Princess Royal and the Grand Game of Europe 
A History of Modern Germany Since 1815 
Frederick III: German Emperor 1888 
Frederick III: Germany's Liberal Emperor 
German Liberalism in the Nineteenth Century 
Emperor Frederick III and the German Liberal Movement 
Kaiser Friedrich der gütige: Vaterländisches Ehrenbuch 
The European Revolutions, 1848-1851 
The Kaiser and his Times 
The Last Kaiser: The Life of Wilhelm II 
Young Wilhelm: The Kaiser's Early Life, 1859-1888 
xsd:integer 54 
Frederico III (Potsdam, 18 de outubro de 1831 – Potsdam, 15 de junho de 1888) foi o Imperador Alemão e Rei da Prússia por 99 dias em 1888, o Ano dos Três Imperadores. Era o único filho do imperador Guilherme I e foi criado na tradição familiar de serviço militar. Apesar de celebrado quando jovem por sua liderança e sucesso durante as guerras dos Ducados de Elba, a Austro-Prussiana e a Franco-Prussiana, ele declarou seu ódio ao conflito armado e foi elogiado por tanto amigos quanto inimigos por sua conduta humana. Depois da Unificação Alemã em 1871, seu pai, então Rei da Prússia, tornou-se Imperador Alemão. O trono passou para Frederico quando Guilherme morreu aos noventa anos em 9 de março de 1888. Ele estava sofrendo de câncer de laringe e morreu em 15 de junho, aos 56 anos, depois de vários tratamentos médicos para sua condição. Frederico se casou em 1858 com Vitória, Princesa Real, a filha mais velha da rainha Vitória do Reino Unido. Os dois eram adequados ao outro; partilhavam uma ideologia liberal que os levou a procurar uma maior representação aos comuns no governo. Mesmo com o passado conservador militarista da família, ele desenvolveu tendências liberais por causa da influência de sua mãe, Augusta de Saxe-Weimar, seus laços com o Reino Unido e seus estudos na Universidade de Bonn. Como príncipe herdeiro, Frederico frequentemente se opôs ao conservador chanceler Otto von Bismarck, particularmente discursando contra a política de Bismarck de unir a Alemanha através da força e pedindo para o poder da chancelaria ser diminuído. Liberais tanto na Alemanha quanto no Reino Unido esperavam que ele como imperador transformasse o Império Alemão em um estado mais liberal. Ele e a esposa eram grandes admiradores do príncipe Alberto de Saxe-Coburgo-Gota, o pai de Vitória. Planejavam governar como consortes, assim como Alberto e a rainha Vitória, e reformar aquilo que viam como falhas no poder executivo que Bismarck havia criado para si mesmo. O cargo de chanceler, responsável pelo imperador, seria substituído por um gabinete ao estilo britânico, com ministros responsáveis pelo Reichstag. A política do governo seria baseada no consenso do gabinete. Frederico "descreveu a Constituição Imperial como caos engenhosamente artificial". Entretanto, sua doença o impediu de estabelecer políticas e medidas para alcançar seus objetivos, com as poucas ações que conseguiu tomar sendo depois revertidas por seu filho e sucessor Guilherme II. A época da morte de Frederico e a duração de seu reinado são importantes tópicos entre os historiadores. Sua morte prematura é considerada como um grande ponto de virada na história alemã. Ainda é muito discutido se Frederico teria sido capaz de deixar seu império mais liberal caso tivesse vivido mais. 
xsd:nonNegativeInteger 224 
Frederico III 
Frederico Guilherme Nicolau Carlos 
xsd:integer 221205 
xsd:nonNegativeInteger 49166 
xsd:integer 44969135 

data from the linked data cloud