Francisco Pais Barreto

http://pt.dbpedia.org/resource/Francisco_Pais_Barreto an entity of type: Thing

Francisco Pais Barreto, primeiro e único visconde e marquês de Recife (Cabo, 26 de maio de 1779 — Cabo, 26 de setembro de 1848), foi um político brasileiro, capitão-mor da vila do Cabo e morgado do Cabo.Foi membro da junta do governo da Província de Pernambuco, conhecida como "Governo dos Matutos", que durou de setembro de 1822 a dezembro de 1823.
Francisco Pais Barreto 
xsd:integer 1822  1824 
sim 
dezembro de 2009 
Francisco Pais Barreto 
sim 
Francisco Pais Barreto, primeiro e único visconde e marquês de Recife (Cabo, 26 de maio de 1779 — Cabo, 26 de setembro de 1848), foi um político brasileiro, capitão-mor da vila do Cabo e morgado do Cabo. Foi membro da junta do governo da Província de Pernambuco, conhecida como "Governo dos Matutos", que durou de setembro de 1822 a dezembro de 1823. A sua nomeação como presidente da Província, pelo imperador D. Pedro I no início de 1824, desencadeou a crise que levou à eclosão da Confederação do Equador. Sobre essa nomeação, Frei Caneca assim se manifestou, à época, nas páginas do Typhis Pernambucano: A indignação de Frei Caneca devia-se ao posicionamento de Francisco de Paes Barreto durante a Confederação do Equador. Anteriormente, durante a Revolução Pernambucana (1817), Paes Barreto fora uma figura decisiva. No entanto, no caso da Confederação do Equador, colocara-se radicalmente contra o movimento separatista pernambucano, tendo sido um dos líderes daqueles que defendiam a União com o governo central. Paes Barreto foi às armas e sufocou os revoltosos, o que inspirou sentimentos de amor mas também de ódio entre os pernambucanos, com relação a ele. 
xsd:nonNegativeInteger 32 
Francisco Pais Barreto 
xsd:integer 588737 
xsd:nonNegativeInteger 3564 
xsd:integer 42196708 

data from the linked data cloud