Francisco Diogo Pereira de Vasconcelos

http://pt.dbpedia.org/resource/Francisco_Diogo_Pereira_de_Vasconcelos

Francisco Diogo Pereira de Vasconcelos (Ouro Preto, 28 de dezembro de 1812 — Ouro Preto, 3 de março de 1863) foi um magistrado e político brasileiro.Filho de Diogo Pereira Ribeiro de Vasconcelos, magistrado, historiador e Cavaleiro Professo na Ordem de Cristo, e de D. Maria do Carmo de Sousa Barradas. Neto paterno do coronel Jerônimo Pereira de Vasconcelos e de Ana Jacinta da Natividade Ribeiro. Neto materno de João de Sousa Barradas, Cavaleiro Professo na Ordem de Cristo. Irmão do estadista Bernardo Pereira de Vasconcelos e do Visconde de Ponte da Barca Marechal Jerônimo Pereira de Vasconcelos.
Francisco Diogo Pereira de Vasconcelos 
xsd:integer 1853  1856  1857  1862 
Francisco Diogo Pereira de Vasconcelos (Ouro Preto, 28 de dezembro de 1812 — Ouro Preto, 3 de março de 1863) foi um magistrado e político brasileiro. Filho de Diogo Pereira Ribeiro de Vasconcelos, magistrado, historiador e Cavaleiro Professo na Ordem de Cristo, e de D. Maria do Carmo de Sousa Barradas. Neto paterno do coronel Jerônimo Pereira de Vasconcelos e de Ana Jacinta da Natividade Ribeiro. Neto materno de João de Sousa Barradas, Cavaleiro Professo na Ordem de Cristo. Irmão do estadista Bernardo Pereira de Vasconcelos e do Visconde de Ponte da Barca Marechal Jerônimo Pereira de Vasconcelos. Formado em direito pela Faculdade do Largo de São Francisco, em São Paulo, foi senador do Império do Brasil (de 1858 a 1863) e exerceu os cargos de presidente das províncias de São Paulo, de 29 de abril de 1856 a 22 de janeiro de 1857 e de Minas Gerais, por duas vezes, de 22 de outubro de 1853 a 1856 e de 1862 a 1863, deputado geral, deputado provincial de Minas Gerais, juiz de direito, juiz de órfãos, chefe de polícia de Minas Gerais e da Corte (6 novembro 1850 a 24 abril 1853), Ministro da Justiça (4 maio 1857 a 12 dezembro 1858) no governo de Pedro de Araújo Lima, comendador da Imperial Ordem da Rosa e sócio do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro. Quando presidente da província de São Paulo os seis vice-presidentes eram (Referência: ): 
xsd:nonNegativeInteger 47 
xsd:integer 234843 
xsd:nonNegativeInteger 4061 
xsd:integer 41590432 

data from the linked data cloud