Filosofia experimental

http://pt.dbpedia.org/resource/Filosofia_experimental

Filosofia experimental é um movimento filosófico emergente que busca combinar a investigação filosófica tradicional com a investigação empírica sistemática. Usando os métodos da ciência cognitiva, os filósofos experimentais realizam estudos experimentais que visam compreender como as pessoas normalmente pensam sobre algumas das questões fundamentais da filosofia.
Filosofia experimental 
Filosofia experimental é um movimento filosófico emergente que busca combinar a investigação filosófica tradicional com a investigação empírica sistemática. Usando os métodos da ciência cognitiva, os filósofos experimentais realizam estudos experimentais que visam compreender como as pessoas normalmente pensam sobre algumas das questões fundamentais da filosofia. Os filósofos experimentais têm argumentado que os dados empíricos podem ter um efeito indirecto sobre questões filosóficas, permitindo uma melhor compreensão dos processos psicológicos subjacentes que levam às intuições filosóficas. Esta utilização de dados empíricos é amplamente vista como uma oposição à metodologia filosófica baseada, principalmente, na justificação a priori - às vezes chamada de "filosofia de cadeirão”. Há um desacordo generalizado acerca do que a filosofia experimental pode fazer, e vários filósofos têm produzido críticas. A filosofia experimental começou por se concentrar em questões relacionadas com as diferenças interculturais, o livre-arbítrio e a filosofia da acção. Desde então, a filosofia experimental tem continuado a expandir-se para novas áreas de investigação. 
xsd:integer 2847324 
xsd:integer 35104284 
xsd:nonNegativeInteger
xsd:nonNegativeInteger 5074 

data from the linked data cloud