Ferrovia Norte-Sul

http://pt.dbpedia.org/resource/Ferrovia_Norte-Sul

A Ferrovia Norte-Sul é uma ferrovia longitudinal brasileira. O trecho entre Açailândia e Palmas foi licitado pela VALEC em 2008 e então subconcedido para Vale S.A., mais tarde repassado para a VLI. O trecho entre Porto Nacional (quilômetro 720, próximo a Palmas) e Anápolis, com mais 855 quilômetros está basicamente pronto para rodar, entretanto não há um terminal operacional nesses 855 quilômetros. Quando concluída, possuirá a extensão de 4.155 quilômetros e cortará os estados de Pará, Maranhão, Tocantins, Goiás, Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.
Ferrovia Norte-Sul 
xsd:integer 1199 
Ferrovia Norte Sul Cruzamento Rod.Belem Brasília.JPG 
Ferrovia Norte Sul a partir do viaduto sob a BR-010 em Imperatriz . 
Verde: em operação; Vermelho: em construção; Azul: em projeto 
Mapa EF Norte Sul.png 
Ferrovia Norte-Sul 
EF-151 
xsd:integer
FNS 
Presente 
xsd:integer 1996 
1,600 m 
Belém/PA – Rio Grande/RS 
A Ferrovia Norte-Sul é uma ferrovia longitudinal brasileira. O trecho entre Açailândia e Palmas foi licitado pela VALEC em 2008 e então subconcedido para Vale S.A., mais tarde repassado para a VLI. O trecho entre Porto Nacional (quilômetro 720, próximo a Palmas) e Anápolis, com mais 855 quilômetros está basicamente pronto para rodar, entretanto não há um terminal operacional nesses 855 quilômetros. Quando concluída, possuirá a extensão de 4.155 quilômetros e cortará os estados de Pará, Maranhão, Tocantins, Goiás, Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. A ferrovia foi concebida sob o propósito de ampliar e integrar o sistema ferroviário brasileiro. Ligará Senador Canedo (GO), a Belém (PA), conectando-se, a sul, em Anápolis (GO), com a Ferrovia Centro-Atlântica, e, a norte, em Açailândia (MA), com a Estrada de Ferro Carajás. Ao longo de seu trajeto, a ferrovia segue paralela à Rodovia Belém-Brasília (BR-153; BR-226 e BR-010) e ao leito do Rio Tocantins. As obras da ferrovia iniciaram-se em 1987, durante o governo do presidente José Sarney. Atualmente encontra-se pronto o trecho entre Açailândia (MA) e Palmas (TO). A ferrovia possui raio mínimo de curva de 343 metros e rampa máxima de 0,6%, o que permite uma velocidade máxima de 83 quilômetros por hora. 
xsd:nonNegativeInteger 65 
xsd:integer 1629780 
xsd:nonNegativeInteger 17853 
xsd:integer 43301400 

data from the linked data cloud