Femme Fatale Tour

http://pt.dbpedia.org/resource/Femme_Fatale_Tour

Femme Fatale Tour foi a oitava turnê mundial da cantora americana Britney Spears, em suporte para o seu álbum Femme Fatale. A turnê foi oficialmente anunciada em Março de 2011, com datas para os locais norte-americanos revelados. Foi inicialmente planejado como uma excursão co-headlining com Enrique Iglesias, mas ele cancelou apenas algumas horas após o anúncio. O estilista Zaldy Goco criou o figurino. A turnê é inspirado em mulheres fatais ao longo dos tempos, e apresenta Spears mudando de pessoas durante o show.
Femme Fatale Tour 
xsd:integer 16 
Femme Fatale Tour.png 
América do Norte, Europa, Ásia, América do Sul e América Central 
xsd:integer
mundial 
xsd:integer 26  43  79 
Femme Fatale Tour foi a oitava turnê mundial da cantora americana Britney Spears, em suporte para o seu álbum Femme Fatale. A turnê foi oficialmente anunciada em Março de 2011, com datas para os locais norte-americanos revelados. Foi inicialmente planejado como uma excursão co-headlining com Enrique Iglesias, mas ele cancelou apenas algumas horas após o anúncio. O estilista Zaldy Goco criou o figurino. A turnê é inspirado em mulheres fatais ao longo dos tempos, e apresenta Spears mudando de pessoas durante o show. A turnê, dividida em cinco segmentos, retrata uma história em que Spears é uma agente secreta, que é perseguida por um stalker. A primeira seção apresenta-la a escapar da prisão, juntamente com outros presos do sexo feminino. O segundo segmento apresenta números de dança alegres e termina com uma performance inspirada por Marilyn Monroe. A terceira seção apresenta um tema egípcio com fogos de artifício e acrobacias. O quarto segmento apresenta rotinas de dança energéticas e costumes da motocicleta. O bis começa com um interlúdio de vídeo de Spears a capturar o stalker e é seguido por duas performances em que ela venceu um grupo de ninjas. Embora muito criticada, a tour foi uma das mais lucrativas do ano. A turnê contou com participação especial de Nicki Minaj e Sabi em alguns shows no Estados Unidos. A chegada da turnê no brasil levou muitos fãs às ruas, mas ambos shows não estavam lotados, logicamente por causa da logistica. Alguns o descreveram como seu show mais divertido e ainda elogiaram o desempenho de Spears e o fato de ela ter cantado mais mas outros criticaram a sua dança. A turnê e a 11ª mais lucrativa do ano com 68.5 milhões. Está também foi a primeira turnê de Spears a voltar ao Brasil depois de 10 anos de sua primeira visita no Rock In Rio. 
xsd:nonNegativeInteger 329 
Femme Fatale 
xsd:integer 10 
Femme Fatale Tour 
Femme Fatale Tour 
xsd:integer 3217673 
xsd:nonNegativeInteger 33606 
xsd:integer 44801125 

data from the linked data cloud