Federica Montseny

http://pt.dbpedia.org/resource/Federica_Montseny an entity of type: Thing

Frederica Montseny i Mañé (Madrid, 12 de fevereiro de 1905 – Toulouse, 14 de janeiro de 1994), política e escritora, foi uma líder anarquista. Foi ministra na Segunda República Espanhola e a primeira mulher ministra da Espanha.Estudou Filosofia e Letras na Universidade de Barcelona. 1930 conheceu o anarco-sindicalista Germinal Esgleas Jaume, que foi seu parceiro sentimental até morrer em Toulouse em 1981. O casal teve três filhos: Vida (1933), Germinal (1938) e Blanca (1942).
Federica Montseny 
xsd:date 2014-03-03 
xsd:date 2014-03-09 
xsd:integer 1976  1983  2005 
Primera Plana 
Escritora e militante anarquista 
Germinal Esgleas i Jaume 
xsd:date 1991-04-29 
RTVE 
The Anarchist Library 
Generalitat de Catalunya - Institut Català de les Dones 
Argos Vergara 
xsd:integer
vídeo 
PDF 
FEDERICA MONTSENY.jpg 
xsd:integer 84 
Barcelona 
espanhol 
novembro 
outubro 
Carmen 
Federica Montseny 
Teresa Mañé i Miravet 
Joan Montseny i Carret 
Mujeres 
Shirley F. 
harv 
Alcalde 
Federica Montseny 
Federica Montseny 1905-1994 
Federica Montseny and Spanish Anarchist Feminism 
Federica Montseny, Palabra en Rojo y Negro 
http://theanarchistlibrary.org/library/shirley-f-fredericks-federica-montseny-and-spanish-anarchist-feminism 
http://www20.gencat.cat/docs/Biblioteques/Tematic/Article/Que%20estem%20fent/Activitats/Activitats/Exposici%C3%B3%20de%20l%27Institut%20Catal%C3%A0%20de%20les%20Dones/Federica%20Montseny_Plafons.pdf 
http://www.rtve.es/alacarta/videos/personajes-en-el-archivo-de-rtve/anarquismo-montseny/947306/ 
Fredericks 
XX1154984 
a10457215/23808 
Frederica Montseny i Mañé (Madrid, 12 de fevereiro de 1905 – Toulouse, 14 de janeiro de 1994), política e escritora, foi uma líder anarquista. Foi ministra na Segunda República Espanhola e a primeira mulher ministra da Espanha. Quando jovem começou a escrever sobre temas literários, filosóficos e feministas. Ingressou no Sindicato de Profissões Liberais da Confederação Nacional do Trabalho (CNT) e na Federação Anarquista Ibérica (FAI) em 1936. Foi membro do comité regional da CNT de Catalunha em 1936 e ministra da Saúde (1936 - 1937). Deteve, como delegada do governo em Barcelona, as Jornadas de Maio de 1937 e sofreu um atentado. Estudou Filosofia e Letras na Universidade de Barcelona. 1930 conheceu o anarco-sindicalista Germinal Esgleas Jaume, que foi seu parceiro sentimental até morrer em Toulouse em 1981. O casal teve três filhos: Vida (1933), Germinal (1938) e Blanca (1942). 
xsd:nonNegativeInteger 95 
Federica Montseny 
xsd:integer 4341375 
xsd:nonNegativeInteger 18070 
xsd:integer 38474255 

data from the linked data cloud