Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa

http://pt.dbpedia.org/resource/Faculdade_de_Letras_da_Universidade_de_Lisboa

A Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (FLUL) é uma unidade orgânica da Universidade de Lisboa dedicada ao ensino das Humanidades (Literatura, Linguística, História, Filosofia e Geografia).A FLUL foi criada formalmente em 1911, como parte da Universidade de Lisboa criada pelo Governo Provisório da República Portuguesa. A sua origem remonta, no entanto e sem descontinuidades, à fundação do Curso Superior de Letras pelo Rei D. Pedro V em 1859, tendo sofrido até 1911 duas reformulações, em 1878 e em 1901.
Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa 
A Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (FLUL) é uma unidade orgânica da Universidade de Lisboa dedicada ao ensino das Humanidades (Literatura, Linguística, História, Filosofia e Geografia). A FLUL foi criada formalmente em 1911, como parte da Universidade de Lisboa criada pelo Governo Provisório da República Portuguesa. A sua origem remonta, no entanto e sem descontinuidades, à fundação do Curso Superior de Letras pelo Rei D. Pedro V em 1859, tendo sofrido até 1911 duas reformulações, em 1878 e em 1901. Desde a sua criação por D. Pedro V até 1958, o Curso Superior de Letras e, posteriormente, a Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (após 1911), funcionou em edifícios anexos à Academia de Ciências de Lisboa. Foi finalmente em 1958 que a FLUL adquiriu instalações próprias, onde ainda funciona actualmente, num terreno da antiga freguesia do Campo Grande, agora freguesia de Alvalade, (hoje chamada Alameda da Universidade) onde foi construída a Cidade Universitária de Lisboa, enquadrada pela Reitoria (a Sul), o Estádio Universitário de Lisboa (a Poente), a Faculdade de Ciências (a Norte) e o Arquivo Nacional da Torre do Tombo (a Nascente). Desde os escassos 87 alunos aquando da sua criação formal, a FLUL chegou a ser a maior escola do país, atingindo, nos anos sessenta, um máximo de 10 000 alunos. Ao longo dos anos a FLUL foi alargando a sua actividade, criando em 1933 a Revista da Faculdade de Letras, promovendo a investigação em articulação com os seus Institutos (que actualmente já são mais de 20), departamentos e Centros e criando, por volta da década de oitenta, cursos de pós-graduação, mestrado e doutoramento. Em 2006-2007 FLUL reformulou a sua oferta lectiva de acordo com o chamado Processo de Bolonha. 
xsd:nonNegativeInteger 98 
xsd:integer 94699 
xsd:nonNegativeInteger 8332 
xsd:integer 44268008 

data from the linked data cloud