Félix Guattari

http://pt.dbpedia.org/resource/Félix_Guattari an entity of type: Thing

Félix Guattari (Villeneuve-les-Sablons, Oise, 30 de abril de 1930 — Cour-Cheverny, 29 de agosto de 1992) foi um filósofo, psicanalista e militante revolucionário francês praticamente autodidata, que não chegou a cumprir a burocracia de nenhum título universitário, produziu uma grande quantidade de textos, que relacionou-se de forma produtiva com muitas das figuras mais importantes das ultimas três duas ou quatro décadas, militou política e ativamente tanto nas organizações tradicionais, como na maioria das alternativas importantes do seu tempo cronológico e foi criador de uma série de movimentos, fundador de uma série de dispositivos políticos que tiveram um papel importantíssimo nas tentativas de transformação do que é o mundo moderno e pós-moderno.
Félix Guattari 
Université Paris-VIII 
Cour-Cheverny, Loir-et-Cher, França 
Félix Guattari 
Pierre-Félix Guattari 
filósofo, psicanalista, militante revolucionário 
Félix Guattari (Villeneuve-les-Sablons, Oise, 30 de abril de 1930 — Cour-Cheverny, 29 de agosto de 1992) foi um filósofo, psicanalista e militante revolucionário francês praticamente autodidata, que não chegou a cumprir a burocracia de nenhum título universitário, produziu uma grande quantidade de textos, que relacionou-se de forma produtiva com muitas das figuras mais importantes das ultimas três duas ou quatro décadas, militou política e ativamente tanto nas organizações tradicionais, como na maioria das alternativas importantes do seu tempo cronológico e foi criador de uma série de movimentos, fundador de uma série de dispositivos políticos que tiveram um papel importantíssimo nas tentativas de transformação do que é o mundo moderno e pós-moderno. Entre os conceitos e noções criadas por Guattari estão: Transversalidade, Ecosofia, Caosmose, Desterritorialização, Ritornelo, Singularidade, Produção de Subjetividade, Capitalismo Mundial Integrado, etc. Teorizou também sobre a questão da transdisciplinaridade, do desejo, das instituições e foi, juntamente com Deleuze, o mais profundo crítico da Psicanálise que, segundo Michel Foucault tratava-se de um inimigo tático, ao passo que o seu inimigo estratégico seria o poder, o fascismo. A partir desta crítica, criou, em intercessão com Gilles Deleuze o que chamou de Esquizoanálise (e Cartografia e Pragmática Menor). Atuou e teorizou nos temas da homossexualidade - chegando a ser preso por seus ditos e escritos -, travestilidade, feminismo, anticolonialismo e outros movimentos minoritários, além das temáticas anarquistas e comunistas. É um dos principais percursores e referências da Reforma Psiquiátrica no mundo, juntamente com o italiano Franco Basaglia e outros. É também considerado um dos componentes do pós-estruturalismo francês. 
xsd:nonNegativeInteger 73 
Félix Guattari 
Pierre-Félix Guattari 
xsd:integer 37596 
xsd:nonNegativeInteger 11361 
xsd:integer 44556566 

data from the linked data cloud