Exames imperiais

http://pt.dbpedia.org/resource/Exames_imperiais

Os Exames Imperiais chinês tradicional: 科舉, chinês simplificado: 科举, pinyin: kējǔ, aplicados na época da China Imperial, consistiam numa série de provas que serviam para selecionar a quem, entre a população, seria permitida a entrada na burocracia estatal. O sistema de exame imperial na China perdurou por 1.300 anos, de sua fundação durante a dinastia Sui, em 605, até sua abolição perto do final da dinastia Qing, em 1905.
Exames imperiais 
kējǔ 
科举 
科舉 
Os Exames Imperiais chinês tradicional: 科舉, chinês simplificado: 科举, pinyin: kējǔ, aplicados na época da China Imperial, consistiam numa série de provas que serviam para selecionar a quem, entre a população, seria permitida a entrada na burocracia estatal. O sistema de exame imperial na China perdurou por 1.300 anos, de sua fundação durante a dinastia Sui, em 605, até sua abolição perto do final da dinastia Qing, em 1905. As provas representavam o caminho mais curto para ascender na escala social e, portanto, representavam também um objetivo fundamental para os membros das classes cultas. Por causa da importância das provas, estas classes acabariam marcando com traços meritocráticos as características peculiares do que se pode considerar o exemplo mais centralizado e absolutista de despotismo oriental. Embora em princípio existisse certo igualitarismo nas condições de acesso, não pode confundir-se de jeito algum com a igualdade social nem com a igualdade de oportunidades próprias dos sistemas democráticos. 
xsd:nonNegativeInteger 240 
xsd:integer 1732916 
xsd:nonNegativeInteger 51442 
xsd:integer 43490319 

data from the linked data cloud