Exército Insurgente Makhnovista

http://pt.dbpedia.org/resource/Exército_Insurgente_Makhnovista

O Exército Negro ou Makhnovismo, também conhecido como Exército Insurgente Makhnovista, foi um exército sob o comando do anarquista Nestor Makhno durante a Guerra Civil Russa e a Revolução Ucraniana.Guerrilhas ucranianas eram ativas durante o período de guerra civil. Algumas se diziam leais ao Estado da Ucrânia, mas outras não reconheciam qualquer autoridade e lutaram tanto contra os russos vermelhos quanto os brancos com igual determinação. Depois de 1920, eles constituíram a única força existente na Ucrânia Soviética. Naquela data dizia-se que seu contingente chegava a 40.000 homens, alguns dos quais lutaram até 1924.
Exército Insurgente Makhnovista 
O Exército Negro ou Makhnovismo, também conhecido como Exército Insurgente Makhnovista, foi um exército sob o comando do anarquista Nestor Makhno durante a Guerra Civil Russa e a Revolução Ucraniana. Guerrilhas ucranianas eram ativas durante o período de guerra civil. Algumas se diziam leais ao Estado da Ucrânia, mas outras não reconheciam qualquer autoridade e lutaram tanto contra os russos vermelhos quanto os brancos com igual determinação. Depois de 1920, eles constituíram a única força existente na Ucrânia Soviética. Naquela data dizia-se que seu contingente chegava a 40.000 homens, alguns dos quais lutaram até 1924. O mais famoso desses grupos era o do anarquista camponês, Nestor Makhno, que começou suas operações no sudoeste da Ucrânia contra o regime de Hetmanate em julho de 1918. Em setembro ele formou o Exército Insurgente Revolucionário da Ucrânia com armas e equipamentos obtidos das expulsas forças austro-germânicas. Makhno lutou contra o Exército Branco do general Denikin até que este se retirou em fins de 1919. Depois disso, o Exército Insurgente se negou a submeter-se ao comando central de Moscou. O Partido Bolchevique então convocou uma assembléia de oficiais militares na qual foram convidados os principais oficiais Makhnovistas. Estes, ao comparecerem foram presos e mortos no que se seguiu uma ofensiva bolchevique contra Gulai-Polé vencida em agosto de 1921. Makhno conseguiu escapar para a Romênia e posteriormente para a França onde se refugiou. 
xsd:nonNegativeInteger 54 
xsd:integer 501427 
xsd:nonNegativeInteger 3535 
xsd:integer 43645932 

data from the linked data cloud