Estação de metropolitano

http://pt.dbpedia.org/resource/Estação_de_metropolitano

Numa rede de metropolitano, uma estação é uma paragem que permite que os passageiros embarquem ou desembarquem das carruagens. Podem ser subterrâneas, elevadas ou à superfície; quando há cruzamentos de linhas as estações podem ter diversos níveis para que o tráfego de passageiros se faça da melhor forma possível.Algumas redes de metro são mundialmente famosas pela arquitectura das estações. Exemplo disso são o metropolitano de Moscovo, o metropolitano de Paris, o metropolitano de Estocolmo entre outros.
Estação de metropolitano 
Numa rede de metropolitano, uma estação é uma paragem que permite que os passageiros embarquem ou desembarquem das carruagens. Podem ser subterrâneas, elevadas ou à superfície; quando há cruzamentos de linhas as estações podem ter diversos níveis para que o tráfego de passageiros se faça da melhor forma possível.À entrada da estação o logótipo da empresa que opera o metropolitano indica que ali se encontra uma estação. Normalmente existem várias entradas para a mesma estação facilitando o acesso às mesmas; por exemplo, se uma estação estiver por baixo de um avenida, existe uma entrada de cada lado para evitar que um passageiro tenha que atravessar a via. Por vezes as estações ligam directamente a edifícios ou a estações de comboio (trem) por exemplo. Algumas redes de metro são mundialmente famosas pela arquitectura das estações. Exemplo disso são o metropolitano de Moscovo, o metropolitano de Paris, o metropolitano de Estocolmo entre outros. As estações de metropolitano, ao contrário de muitas estações de comboio ou autocarro (ônibus), são muitos desenvolvidas no que diz respeito à arquitectura e às artes decorativas; o estilo pode variar muito de estação para estação. As esculturas, as pinturas murais e a iluminação conjugadas fazem de algumas estações autênticas obras de arte. As estações do metro de Moscovo foram construídas segundo ideais socialista, que pretendiam levar a arte ao povo em vez de a limitar aos mais abastados; nessa medida, as estações moscovitas são muitos ornamentadas: paredes de mármore, pavimentos de granito, grandes candelabros e muita luz; todas estas características fizeram desta estações verdadeiros "palácios subterrâneos". O metro de Lisboa também é conhecido pela sua decoração; o azulejo é o principal elemento decorativo das estações, fazendo de cada estação uma obra diferente. A estação do Alto dos Moinhos, por exemplo, tem azulejos alusivos a Fernando Pessoa do artista português Júlio Pomar. 
xsd:nonNegativeInteger 30 
xsd:integer 1075956 
xsd:nonNegativeInteger 3940 
xsd:integer 44846654 

data from the linked data cloud