Esquerdismo, Doença Infantil do Comunismo

http://pt.dbpedia.org/resource/Esquerdismo,_Doença_Infantil_do_Comunismo an entity of type: Thing

Esquerdismo, Doença Infantil do Comunismo é um ensaio escrito por Lênin, publicado em 12 de maio de 1920. No livro, o autor ataca a estratégia de uma parte dos comunistas, membros da Terceira Internacional, sobretudo os alemães e os ingleses, acusando-os de desvio ideológico à esquerda.A réplica mais ampla da Esquerda Comunista ao ensaio de Lênin veio na forma da "Carta aberta ao camarada Lênin", por Herman Gorter.
Esquerdismo, Doença Infantil do Comunismo 
xsd:integer 20 
xsd:decimal 8572770488 
Abril-maio de 1920 
Versão inglesa do livro, publicada por delegados do 2º Congresso Mundial do Comintern 
Detskaya Bolezn' "Levizny" v Kommunizme 
(Детская болезнь "левизны" в коммунизме) 
Luiz Fernando 
Esquerdismo, Doença Infantil do Comunismo 
8572770488 
Versão inglesa do livro, publicada por delegados do2º Congresso Mundial do Comintern(Terceira Internacional) 
Crítica ao desvio ideológico esquerdista apontado no movimento comunista da Alemanha e da Inglaterra 
Esquerdismo, Doença Infantil do Comunismo é um ensaio escrito por Lênin, publicado em 12 de maio de 1920. No livro, o autor ataca a estratégia de uma parte dos comunistas, membros da Terceira Internacional, sobretudo os alemães e os ingleses, acusando-os de desvio ideológico à esquerda. A obra se divide em dez capítulos. O capítulo V critica os "comunistas de esquerda" da Alemanha, acusando-os de querer separar os chefes revolucionários da massa – contrapondo a ditadura das massas a uma suposta ditadura dos chefes. Lênin censura particularmente alguns "esquerdistas" alemães por considerarem os partidos políticos inúteis. Segundo Lênin, "negar a necessidade do Partido e da disciplina partidária (...) equivale a desarmar completamente o proletariado, em proveito da burguesia". Nos capítulos de VI a VIII, Lênin defende a atuação dos partidos comunistas nos sindicatos mais atrasados e nos parlamentos burgueses. Defende também a necessidade de se estabelecerem acordos e compromissos. No capítulo IX, o alvo são os "esquerdistas" ingleses, censurados por se recusarem a estabelecer compromissos com o Partido Trabalhista, reformista, que congregava a maior parte da classe operária inglesa. A réplica mais ampla da Esquerda Comunista ao ensaio de Lênin veio na forma da "Carta aberta ao camarada Lênin", por Herman Gorter. 
xsd:nonNegativeInteger 33 
Detskaya Bolezn' "Levizny" v Kommunizme 
(Детская болезнь "левизны" в коммунизме) 
xsd:integer 2046191 
xsd:nonNegativeInteger 3917 
xsd:integer 44325643 

data from the linked data cloud