Escândalo do Mensalão

http://pt.dbpedia.org/resource/Escândalo_do_Mensalão

Mensalão é o nome dado ao escândalo de corrupção política mediante compra de votos de parlamentares no Congresso Nacional do Brasil, que ocorreu entre 2005 e 2006. O caso teve como protagonistas alguns integrantes do governo do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, membros do Partido dos Trabalhadores (PT), Popular Socialista (PPS), Trabalhista Brasileiro (PTB), República (PR), Socialista Brasileiro (PSB), Republicano Progressista (PRP), e Progressista (PP)., sendo objeto da ação penal de número 470, movida pelo Ministério Público no Supremo Tribunal Federal (STF).
Escândalo do Mensalão 
Vladimir Poleto Veja.ogg 
Jefferson diz para Folha de S.Paulo que PT pagava mesada de R$ 30 mil a parlamentares em troca de apoio 
Publicitário Duda Mendonça disse que dinheiro ilegal pagou a campanha de Lula à Presidência do Brasil 
xsd:integer 11 
Íntegra da entrevista gravada do ex-assessor do Ministro Antonio Palocci, Vladimir Poleto, para a Revista Veja. Poleto diz que se sentiu usado por ter ajudado a transportar dinheiro em caixas de bebida para o PT. Fonte: Rádio Agência Senado. 
Duda Mendonça disse que dinheiro ilegal pagou a campanha de Lula 
Entrevista de Vladimir Poleto para a Revista Veja. 
Jefferson diz para Folha de S.Paulo que PT pagava mesada de R$ 30 mil a parlamentares em troca de apoio 
Duda Mendonça, o publicitário responsável pela campanha do Presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva admitiu que o custo da campanha de 2002 para a Presidência foi pago com dinheiro ilegal, oriundo de fundos não declarados e de paraísos fiscais. A campanha de Lula e outras campanhas políticas do Partido dos Trabalhadore foram pagas com dinheiro ilegal, disse Duda. 
O jornal brasileiro Folha de S.Paulo publicou uma matéria que relata que o deputado Roberto Jefferson, Presidente do PTB, partido aliado do governo brasileiro, disse em entrevista que o Partido dos Trabalhadores pagava uma mesada de R$ 30 mil a parlamentares. 
Mensalão é o nome dado ao escândalo de corrupção política mediante compra de votos de parlamentares no Congresso Nacional do Brasil, que ocorreu entre 2005 e 2006. O caso teve como protagonistas alguns integrantes do governo do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, membros do Partido dos Trabalhadores (PT), Popular Socialista (PPS), Trabalhista Brasileiro (PTB), República (PR), Socialista Brasileiro (PSB), Republicano Progressista (PRP), e Progressista (PP)., sendo objeto da ação penal de número 470, movida pelo Ministério Público no Supremo Tribunal Federal (STF). 
xsd:nonNegativeInteger 368 
xsd:integer 103720 
xsd:nonNegativeInteger 71086 
xsd:integer 44564471 

data from the linked data cloud