Era Stalin (1927-1953)

http://pt.dbpedia.org/resource/Era_Stalin_(1927-1953)

A União Soviética entre 1927 e 1953 (a chamada Era Stalin ou Era Stalinista) foi dominada por Josef Stalin, muitas vezes descrito como um estado totalitário, modelado por um líder que tinha todos os poderes, e que buscava reformar a sociedade soviética, com planejamento econômico agressivo, em especial, com uma varredura da coletivização da agricultura e do desenvolvimento do poder industrial. Ele também construiu uma enorme burocracia, o que sem dúvida foi responsável por milhões de mortes como resultado de vários expurgos e esforços de coletivização. Durante seu tempo como líder da URSS, Stalin fez uso frequente de sua polícia secreta, gulags e poder quase ilimitado, para remodelar a sociedade soviética.
Era Stalin (1927-1953) 
A União Soviética entre 1927 e 1953 (a chamada Era Stalin ou Era Stalinista) foi dominada por Josef Stalin, muitas vezes descrito como um estado totalitário, modelado por um líder que tinha todos os poderes, e que buscava reformar a sociedade soviética, com planejamento econômico agressivo, em especial, com uma varredura da coletivização da agricultura e do desenvolvimento do poder industrial. Ele também construiu uma enorme burocracia, o que sem dúvida foi responsável por milhões de mortes como resultado de vários expurgos e esforços de coletivização. Durante seu tempo como líder da URSS, Stalin fez uso frequente de sua polícia secreta, gulags e poder quase ilimitado, para remodelar a sociedade soviética. A subida ao poder definitivo de Joseph Stalin, como secretário-geral do Partido Comunista da União Soviética ou Gensek entre 1927 e 1929, marcou o início de uma transformação radical da sociedade soviética. Em alguns anos, a face da União Soviética mudou radicalmente pela coletivização de terras e pela rápida industrialização realizada pelos muitos ambiciosos planos quinquenais. Esta política tem como resultado milhões de mortes devido à queda dramática da qualidade de vida dos cidadãos e abriu um longo reinado de terror e traição, marcada em particular pelo Grande Expurgo e por uma grande expansão dos campos de trabalho forçado dos Gulags. Além disso, essa política vai tornar a União Soviética, após a sua vitória contra os invasores nazistas, na segunda superpotência mundial. Toda a sua história posterior, desde a morte de Stalin (1953) até sua dissolução em 1991 - a administração da URSS consistirá na pesada herança da era stalinista. A II Guerra Mundial, conhecida como "A Grande Guerra Patriótica" na União Soviética, devastou grande parte da URSS, com cerca de uma em cada três mortes, sendo um cidadão da União Soviética. Após a II Guerra Mundial, os exércitos da União Soviética ocuparam a Europa Oriental, aonde os governos comunistas chegaram ao poder no Bloco do Leste, enquanto os Estados Unidos mantiveram sua influência na Europa Ocidental, onde os governos democráticos foram estabelecidos. A Guerra Fria que se seguiu, a URSS e os Estados Unidos lutaram indiretamente pela influência mundial. 
xsd:nonNegativeInteger 510 
xsd:integer 2428895 
xsd:nonNegativeInteger 67669 
xsd:integer 44322869 

data from the linked data cloud