Entelequia

http://pt.dbpedia.org/resource/Entelequia

Entelequia ou enteléquia (do grego ἐντελέχεια, transl. entelékheia, de en, 'dentro' + telos, 'finalidade': entelos, 'finalidade interior' + echein,‘ter’; pelo latim entelechīa-), na filosofia aristotélica, é a realização plena e completa de uma tendência, potencialidade ou finalidade natural, concluindo um processo transformativo de todo e qualquer ser animado ou inanimado do universo. É o ser em ato, isto é, plenamente realizado, em oposição ao ser em potência.A palavra foi também usada por Leibniz para significar as substâncias simples, as mónades criadas.
Entelequia 
Entelequia ou enteléquia (do grego ἐντελέχεια, transl. entelékheia, de en, 'dentro' + telos, 'finalidade': entelos, 'finalidade interior' + echein,‘ter’; pelo latim entelechīa-), na filosofia aristotélica, é a realização plena e completa de uma tendência, potencialidade ou finalidade natural, concluindo um processo transformativo de todo e qualquer ser animado ou inanimado do universo. É o ser em ato, isto é, plenamente realizado, em oposição ao ser em potência. Aristóteles fala de 'entelequia' em contraposição à teoria platônica das ideias e defende que todo ente se desenvolve a partir de uma causa final interna a ele - e não, como afirmava Platão, por razões ideais externas. Entelequia seria portanto a tensão de um organismo para se realizar segundo leis próprias, passando da potência ao ato. A palavra foi também usada por Leibniz para significar as substâncias simples, as mónades criadas. 
xsd:nonNegativeInteger 17 
xsd:integer 3231583 
xsd:nonNegativeInteger 1652 
xsd:integer 39665850 

data from the linked data cloud