Egito romano

http://pt.dbpedia.org/resource/Egito_romano

Egito romano (português brasileiro) ou Egipto romano (português europeu) é o nome utilizado para fazer referência ao período no qual a região do Egito esteve sob o controle do Império Romano e de seu sucessor, o Império Bizantino. Neste período, a província do Egito (em latim: Aegyptus; em grego: Αἴγυπτος; transl.: Aigyptos) passou por diversas transformações. Ela foi criada em 30 a.C. depois que Otaviano (o futuro imperador Augusto) derrotou Marco Antônio e depôs a amante dele, a rainha Cleópatra, do trono do Egito e anexou suas terras, encerrando definitivamente reino ptolemaico do Egito. A província abrangia a maior parte do território do moderno estado do Egito, com exceção da península do Sinai, que seria conquistada por Trajano.
Egito romano 
xsd:date 2014-01-12 
Conquista sassânida em 619 
Rota seguida pelos exércitos árabes durante a conquista muçulmana do Egito em 641 
vertical 
Em vinte anos, o Egito foi invadido duas vezes. Apesar de uma breve retomada de Alexandria em 646, o Egito jamais voltaria para o controle romano depois da invasão muçulmana. 
Conquistas seguidas 
Mohammad adil-Muslim conquest of Egypt-pt.svg 
The Sasanian Persian Empire ca. 620 A.D.jpg 
Dioecesis Aegypti 400 AD-pt.svg 
Provinciaromana-Egito-pt.svg 
inglês 
Egito 
Egito ptolemaico 
Egito 
Augustâmica 
Tebaida 
Califado Rashidun 
Mapa detalhado do Aegyptus 
http://www.annourbis.com/maps/map000.html 
xsd:integer 300 
Egito 
África 
Província do Egito 
Justiniano I subdivide a província em Egito I e Egito II 
Subordinado à Diocese do Oriente durante as reformas de Diocleciano 
Separada da Diocese do Oriente 
Criação da Diocese do Egito 
Conquista do Egito ptolemaico 
black flag.svg 
Província do Egito em 
A nova província do Egito num mapa da Diocese do Egito, 400 
– 
Império Romano e Império Bizantino 
xsd:integer 390  641 
xsd:integer 297  539  612 
xsd:integer 390 
Egito romano (português brasileiro) ou Egipto romano (português europeu) é o nome utilizado para fazer referência ao período no qual a região do Egito esteve sob o controle do Império Romano e de seu sucessor, o Império Bizantino. Neste período, a província do Egito (em latim: Aegyptus; em grego: Αἴγυπτος; transl.: Aigyptos) passou por diversas transformações. Ela foi criada em 30 a.C. depois que Otaviano (o futuro imperador Augusto) derrotou Marco Antônio e depôs a amante dele, a rainha Cleópatra, do trono do Egito e anexou suas terras, encerrando definitivamente reino ptolemaico do Egito. A província abrangia a maior parte do território do moderno estado do Egito, com exceção da península do Sinai, que seria conquistada por Trajano. O Egito fazia fronteira com as províncias de Creta e Cirene para o oeste e com a Judeia para o leste quando foi criada. Mesmo antes de tornar-se uma província, o Egito era um dos grandes fornecedores de alimento para o Império Romano. 
xsd:nonNegativeInteger 249 
xsd:integer 149457 
xsd:nonNegativeInteger 36286 
xsd:integer 44101312 

data from the linked data cloud