Eduardo VI de Inglaterra

http://pt.dbpedia.org/resource/Eduardo_VI_de_Inglaterra an entity of type: Thing

Eduardo VI (12 de outubro de 1537 – 6 de julho de 1553) foi o Rei da Inglaterra e Irlanda de 1547 até sua morte. Filho do rei Henrique VIII com Joana Seymour, Eduardo foi o terceiro monarca da Casa de Tudor e o primeiro rei inglês criado como protestante. O país foi comandado durante seu reinado pelo Conselho Regencial já que ele nunca atingiu a maioridade, liderado primeiramente por Eduardo Seymour, 1.º Duque de Somerset, e depois por João Dudley, 1.º Duque de Northumberland.
Eduardo VI de Inglaterra 
xsd:integer 1962  1967  1968  1970  1971  1977  1978  1980  1988  1991  1993  1995  1996  1997  1999  2000  2001  2002  2004  2007  2009 
EdwardVI Signature.svg 
Rehabilitating the Duke of Northumberland: Politics and Political Control, 1549–53 
Bernard, George; Williams, Penry 
Loach, Jennifer; Tittler, Robert 
Phoenix 
Fontana 
Doubleday 
Edward Arnold 
Methuen 
Vintage 
Weidenfeld & Nicolson 
Cambridge University Press 
Clarendon Press 
George Allen & Unwin 
Longman 
Macmillan 
Oxford University Press 
Pearson Longman 
Penguin 
Rizzoli 
University of California Press 
Wiley-Blackwell 
Yale University Press 
Allen Lane/Penguin 
HMSO 
Tauris Parke 
Portrait of Edward VI of England.jpg 
xsd:integer 245 
xsd:integer 978 
Londres 
New Haven 
Cambridge 
Oxford 
Chichester 
Nova Iorque 
Berkeley 
David 
Eduardo VI 
J. J. 
John 
Chris 
Robert 
Karen 
Roy 
Jenny 
Christopher 
Dale 
Stephen 
Anne 
Eric 
Jennifer 
Susan 
Geoffrey 
A. G. 
Carolly 
Diarmaid 
John Duncan 
W. K. 
xsd:integer 40403 
xsd:integer 71370718 
xsd:integer 154186398 
xsd:integer 186603282 
harv 
Somerset 
Dickens 
Strong 
Alford 
Guy 
Jordan 
Skidmore 
Elton 
Ives 
Loades 
Scarisbrick 
Starkey 
Brigden 
Erickson 
Haigh 
Hearn 
Hoak 
Loach 
MacCulloch 
Mackie 
Tittler 
Wormald 
Rei da Inglaterra e Irlanda 
Reinado 
Sucessora 
Rei da Inglaterra, França e Irlanda 
Elizabeth I 
Henry VIII 
Mary, Queen of Scots: Politics, Passion and a Kingdom Lost 
Dynasties: Painting in Tudor and Jacobean England 1530–1630 
The Boy King: Edward VI and the Protestant Reformation 
Bloody Mary: The Life of Mary Tudor 
Edward VI 
Edward VI: The Lost King of England 
Elizabeth. Apprenticeship 
England Under the Tudors 
Intrigue and Treason: The Tudor Court, 1547–1558 
Edward VI: The Threshold of Power. The Dominance of the Duke of Northumberland 
John Dudley Duke of Northumberland 1504–1553 
Kingship and Politics in the Reign of Edward VI 
Lady Jane Grey. A Tudor Mystery 
English Reformations: Religion, Politics and Society Under the Tudors 
Reform and Reformation 
The Earlier Tudors, 1485–1558 
The English Reformation 
The Mid-Tudor Polity c. 1540–1560 
The Reign of Henry VIII 
The Reign of Mary I 
The Six Wives: The Queens of Henry VIII 
Tudor England 
Tudor and Jacobean Portraits 
Edward VI: The Young King. The Protectorship of the Duke of Somerset 
New Worlds, Lost Worlds: The Rule of the Tudors, 1485–1603 
Regentes 
Eduardo VI (12 de outubro de 1537 – 6 de julho de 1553) foi o Rei da Inglaterra e Irlanda de 1547 até sua morte. Filho do rei Henrique VIII com Joana Seymour, Eduardo foi o terceiro monarca da Casa de Tudor e o primeiro rei inglês criado como protestante. O país foi comandado durante seu reinado pelo Conselho Regencial já que ele nunca atingiu a maioridade, liderado primeiramente por Eduardo Seymour, 1.º Duque de Somerset, e depois por João Dudley, 1.º Duque de Northumberland. O reinado de Eduardo foi marcado por problemas econômicos e agitações sociais que levaram a tumultos e rebeliões em 1549. Uma guerra contra a Escócia, inicialmente bem sucedida, terminou com uma retirada do país e de Bolonha-sobre-o-Mar em troca da paz. A transformação da Igreja Anglicana em um órgão reconhecidamente protestante também aconteceu no reinado de Eduardo, que se interessou muito em assuntos religiosos. Apesar de Henrique VIII ter rompido a ligação entre a Igreja da Inglaterra e Roma, ele nunca permitiu a renúncia da doutrina católica ou de suas cerimônias. Durante o reinado de Eduardo o protestantismo foi estabelecido pela primeira vez na Inglaterra com reformas que incluíam a abolição das missas e a reformulação da eucaristia. O arquiteto dessas mudanças foi Tomás Cranmer, o Arcebispo da Cantuária. Eduardo adoeceu em fevereiro de 1553. Ao descobrir que era uma doença terminal, ele e seu conselho redigiram a "Elaboração para a Sucessão", tentando impedir que a Inglaterra voltasse ao catolicismo. Nomeou a prima Joana Grey como herdeira, excluindo suas meia-irmãs Maria e Isabel. Porém, depois de sua morte em 6 de julho, Joana foi deposta por Maria. Ela reverteu as reformas protestantes de Eduardo, que mesmo assim se tornaram a base para a Resolução Religiosa de Isabel em 1559. 
xsd:nonNegativeInteger 237 
Eduardo VI 
xsd:integer 45577 
xsd:nonNegativeInteger 77051 
xsd:integer 44660957 

data from the linked data cloud