Eduardo Paes

http://pt.dbpedia.org/resource/Eduardo_Paes an entity of type: Thing

Eduardo da Costa Paes (Rio de Janeiro, 14 de novembro de 1969) é um advogado e político brasileiro, filiado ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) e atual prefeito do Rio de Janeiro, cargo que ocupa desde 1º de janeiro de 2009. É casado com Cristine Assed, com quem tem dois filhos: Isabela e Bernardo.
Eduardo Paes 
xsd:integer 2009 
Cristine Paes 
— 
Foto oficial de Eduardo Paes.jpg 
Foto oficial de Eduardo Paes como prefeito. 
até 
até a atualidade 
Eduardo Paes 
Eduardo da Costa Paes 
Advogado e político 
xsd:integer 52 
Deputado federal pelo Rio de Janeiro 
Vereador do Rio de Janeiro 
Secretário de Turismo, Esporte e Lazer do Rio de Janeiro 
Subprefeito da Zona Oeste do Rio de Janeiro 
Adilson Pires 
Carlos Alberto Muniz 
Governador 
Nomeado por 
Vice-prefeitos 
52º PrefeitodoRio de Janeiro 
Secretário de Turismo, Esporte e Lazer doRio de Janeiro 
Eduardo da Costa Paes (Rio de Janeiro, 14 de novembro de 1969) é um advogado e político brasileiro, filiado ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) e atual prefeito do Rio de Janeiro, cargo que ocupa desde 1º de janeiro de 2009. É casado com Cristine Assed, com quem tem dois filhos: Isabela e Bernardo. Natural da capital fluminense, é formado em direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ). Durante a juventude, fez figuração em novelas da Rede Globo. Iniciou sua carreira política no início dos anos 90 como integrante da Juventude Cesar Maia, e logo depois foi nomeado Subprefeito da Zona Oeste do Rio de Janeiro pelo prefeito Cesar Maia, seu então padrinho político. Nas eleições municipais de 1996 foi eleito vereador pelo Partido da Frente Liberal (PFL) com a maior votação para o cargo. Em 1998, elege-se deputado federal com 117 mil votos. Em 2001, foi nomeado Secretário do Meio Ambiente da cidade do Rio de Janeiro durante a gestão Cesar Maia, com quem rompeu politicamente um ano depois. Após ser reeleito deputado federal em 2002 com 186 mil votos, filia-se ao Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB). Concorreu ao governo do Estado em 2006, conquistando pouco mais de 5% dos votos. Declarou apoio ao peemedebista Sérgio Cabral Filho no segundo turno, que venceu a eleição e o indicou para a Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer. Em outubro de 2007, a convite do governador, deixa o PSDB e filia-se ao PMDB para ser candidato a prefeito do Rio de Janeiro em 2008. Com resistências internas, iniciadas ainda em sua filiação, foi oficializado candidato a prefeito após vencer Marcelo Itagiba na Convenção Municipal do PMDB. Em uma disputa acirrada, acaba sendo eleito no segundo turno com 50,8% dos votos válidos, derrotando Fernando Gabeira. Em 2012, reelegeu-se no primeiro turno com 64% dos votos. 
xsd:nonNegativeInteger 159 
Eduardo Paes 
xsd:integer 368789 
xsd:nonNegativeInteger 32644 
xsd:integer 44874259 

data from the linked data cloud