Eduardo Cunha

http://pt.dbpedia.org/resource/Eduardo_Cunha an entity of type: Thing

Eduardo Cosentino da Cunha (Rio de Janeiro, 29 de setembro de 1958) é um economista, radialista e político brasileiro. Evangélico, é membro da igreja neopentecostal Sara Nossa Terra. Atualmente é deputado federal pelo Partido do Movimento Democrático Brasileiro pelo Rio de Janeiro e desde 1º de fevereiro de 2015 preside a Câmara dos Deputados.
Eduardo Cunha 
xsd:integer 28 
xsd:integer 2015 
Eduardo Cunha em 1º de junho de 2015.jpg 
xsd:integer
até a atualidade 
Eduardo Cunha 
www1.folha.uol.com.br 
Presidente da Câmara dos Deputados do Brasil 
Deputado Federal pelo Rio de Janeiro 
Comissão aponta lucro indevido de Cunha - 28/09/2015 - Poder - Folha de S.Paulo 
http://www1.folha.uol.com.br/fsp/poder/234625-comissao-aponta-lucro-indevido-de-cunha.shtml 
Presidente da Câmara dos Deputados do Brasil 
Deputado FederalpeloRio de Janeiro 
Eduardo Cosentino da Cunha (Rio de Janeiro, 29 de setembro de 1958) é um economista, radialista e político brasileiro. Evangélico, é membro da igreja neopentecostal Sara Nossa Terra. Atualmente é deputado federal pelo Partido do Movimento Democrático Brasileiro pelo Rio de Janeiro e desde 1º de fevereiro de 2015 preside a Câmara dos Deputados. Filiado ao Partido da Reconstrução Nacional, foi presidente da Telecomunicações do Estado do Rio de Janeiro durante o Governo Collor. Enquanto filiado ao Partido Progressista Brasileiro, comandou a Companhia Estadual de Habitação no mandato do governador Anthony Garotinho. Candidatou-se pela primeira vez a um cargo eletivo em 1998, tendo ficado como suplente de deputado estadual e assumido uma vaga na Assembleia Legislativa do Estado em 2001. Elegeu-se deputado federal pela primeira vez em 2002, ainda no PPB, sendo reeleito pelo PMDB nas eleições de 2006, 2010 e 2014. Durante seu mandato de presidente da Câmara dos Deputados, está sendo investigado pela Operação Lava Jato e foi denunciado pela Procuradoria-Geral da República ao Supremo Tribunal Federal. Acusado de mentir na CPI da Petrobras, teve contra si aberto processo em que se pede sua cassação por quebra de decoro parlamentar. Em 3 de março de 2016, o Supremo Tribunal Federal acolheu por 10 votos a 0, em unanimidade, a denúncia do Procurador-Geral da República Rodrigo Janot contra Eduardo Cunha por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. 
xsd:nonNegativeInteger 174 
Eduardo Cunha 
xsd:integer 1169426 
xsd:nonNegativeInteger 42092 
xsd:integer 44990818 

data from the linked data cloud