Economia dos Estados Unidos

http://pt.dbpedia.org/resource/Economia_dos_Estados_Unidos

A economia dos Estados Unidos é a maior economia do mundo, com um produto interno bruto nominal (PIB) estimado em mais de US$17,7 trilhões em 2014, que é aproximadamente 70% maior do que a segunda maior economia do mundo, a da China, que é de US$10,35 trilhões (2014).
Economia dos Estados Unidos 
ODA $19 bilhões, 0,2% do PIB 
Ano natural 
<perCent> 5.8 
<usDollar> 4.0E12 
$18 trilhões 
$14,29 trilhões 84% do PIB 
<usDollar> 1.6E12 
suprimentos industriais, 29,8%; máquinas de produção, 29,5%; bens não-automática de consumo, 12,4%, veículos automóveis e partes, 9,3%; de alimentos e bebidas, 8,3%; aeronaves e peças, 6,6%; outros, 4,1%. 
xsd:integer 38 
NYC NYSE.jpg 
<usDollar> 2.3E12 
bens de consumo não-auto 23,0%, combustíveis, 22,1%, máquinas e equipamentos para produção, 19,9%; não-combustível suprimentos industriais, 14,8%, veículos automóveis e partes, 11,1%; de alimentos e bebidas, 4,2%; aeronaves e peças, 1,7% e 3,2% outros. 
petróleo, aço, automobilística, aeroespacial, telecommunicações, químicos, indústrias criativas, eletrônicos, processamento de alimentos, bens de consumo, madeira, mineração, defesa 
<perCent> 1.7 
<perCent> 15.0  19.0  3.0  4.0  7.4 
Estados Unidos 
NAFTA, OMC, OCDE, G-20, G8 e outros 
<perCent> 13.0  15.0  18.0  5.0  6.0 
<usDollar> 1.77E13 
+2,6% 
<usDollar> 53000.0 
agricultura: 1,2% 
indústria: 19% 
serviços: 80% 
<perCent> 14.5 
dos 
<usDollar> 3.6E12 
xsd:integer 265 
xsd:integer 156000 
A economia dos Estados Unidos é a maior economia do mundo, com um produto interno bruto nominal (PIB) estimado em mais de US$17,7 trilhões em 2014, que é aproximadamente 70% maior do que a segunda maior economia do mundo, a da China, que é de US$10,35 trilhões (2014). A economia Norte-Americana mantém um alto nível de produção Produto Interno Bruto (PIB) de 46.442 dólares em 2009, em torno da décima posição no mundo. Historicamente, a economia Norte-Americana tem mantido uma taxa de crescimento do PIB estável, uma baixa taxa de desemprego e elevados níveis de pesquisa e de investimento financiados por capitais nacionais e, por causa da diminuição das taxas de poupança, cada vez mais pelos investidores estrangeiros. Em 2009, os gastos dos consumidores respondiam por 71% do PIB dos Estados Unidos. Desde os anos 1970, a economia dos Estados Unidos tem absorvido poupanças a partir do resto do mundo. O fenômeno é objeto de discussão entre os economistas. Assim como outros países desenvolvidos, os Estados Unidos enfrentam um baby boom retraído, o que já faz com que a população comece a retirar suas contas da Segurança Social, no entanto, a população Norte-Americano ainda é jovem e em crescimento, quando comparado a Europa ou Japão. A dívida pública dos Estados Unidos está em um excesso de US$ 13,5 trilhões e continua a crescer a uma taxa de cerca de 3,93 bilhões dólares por dia. O mercado de trabalho Norte-Americano atrai imigrantes de todo o mundo e tem uma das taxas mais altas do mundo de migrações. Os Norte-Americanos têm o maior rendimento por hora trabalhada. Os Estados Unidos figuram em quinto lugar no Relatório de Competitividade Global do Fórum Econômico Mundial. O país tem o maior e mais influente mercado financeiro do mundo, casa de grandes e principais bolsas de valores e commodities como NASDAQ, NYSE, AMEX e CME. 
xsd:nonNegativeInteger 354 
xsd:integer 8834 
xsd:nonNegativeInteger 44120 
xsd:integer 44520632 

data from the linked data cloud