Economia do Reino Unido

http://pt.dbpedia.org/resource/Economia_do_Reino_Unido

O Reino Unido mantém o quinto maior Produto Interno bruto do mundo em matéria de mercado de taxas de câmbio e a décima maior paridade do poder de compra (PCC). Dentro do espaço Europeu, possui a segunda maior economia, ficando atrás apenas da Alemanha. É membro da União Europeia e do G8, aderindo à primeira em 1973 e atuando como fundador no segundo.Sua capital e maior cidade, Londres, é considerada (ao lado da cidade de Nova York e de Tóquio) o maior e mais importantes centro financeiro do mundo. Sua economia também pode ser eventualmente rotulada como Economia Anglo-Saxônica.
Economia do Reino Unido 
O Reino Unido mantém o quinto maior Produto Interno bruto do mundo em matéria de mercado de taxas de câmbio e a décima maior paridade do poder de compra (PCC). Dentro do espaço Europeu, possui a segunda maior economia, ficando atrás apenas da Alemanha. É membro da União Europeia e do G8, aderindo à primeira em 1973 e atuando como fundador no segundo. Sua capital e maior cidade, Londres, é considerada (ao lado da cidade de Nova York e de Tóquio) o maior e mais importantes centro financeiro do mundo. Sua economia também pode ser eventualmente rotulada como Economia Anglo-Saxônica. É constituída (em ordem decrescente de contribuição) pelas economias da Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte. Uma série de privatizações pode ser notada nos anos 80, sob o governo da primeira-ministra Margaret Thatcher, em que diversas empresas dos setores industriais e de serviços, muitas das quais nacionalizadas nos anos 40, foram vendidas à iniciativa privada. Atualmente o governo britânico mantém escassas indústrias e prestadoras de serviço sob sua coordenação, uma das quais é o seu serviço postal. A economia britânica vem experimentando crescimento contínuo há mais de 150 anos. É considerada estável por manter os níveis de inflação, especulação e desemprego relativamente baixos no cenário europeu. No entanto, detém níveis de desigualdade social mais elevados que alguns dos outros países de forte economia na Europa. Muito embora a taxa de produtividade por pessoa empregada venha progredindo nas últimas duas décadas, ultrapassando a Alemã, ainda é 20% inferior à taxa francesa, onde os trabalhadores exercem 35 horas de trabalho semanais. A produtividade por hora trabalhada é, atualmente, semelhante à média da antiga União Européia, quando esta ainda era constituída por 15 países, em 1995. Quanto ao Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), o Reino Unido assume a décima oitava colocação mundial e a décima terceira entre os países europeus, o que evidencia também, a predominância destes nas primeiras colocações do índice. O PIB britânico cresceu 2,7% em 2006 e sua expectaviva de crescimento em 2007 é de 2,9%. As expectativas mais recentes porém, indicam crescimento de 3,0%. É uma economia de mercado, mantendo fortes relações econômicas com os outros países da União Europeia, com os Estados Unidos, e com os países da Commonwealth. Exporta, principalmente: maquinário, produtos químicos, veículos, alimentos, ferro, aço, metais e uisque. O país é o décimo no ranking de competitividade do Fórum Econômico Mundial. 
xsd:integer 10434 
xsd:integer 44316077 
xsd:nonNegativeInteger 51 
xsd:nonNegativeInteger 9344 

data from the linked data cloud