Economia da Lituânia

http://pt.dbpedia.org/resource/Economia_da_Lituânia

A Lituânia tornou-se membro da Organização Mundial do Comércio e ingressou na União Europeia em 1 de maio de 2004. Desde a sua segunda independência, em 1991 e durante muitos anos, o país concentrou a maior parte de seu comércio com a Rússia. Porém, enfrentou uma crise em 1999 devido a opções econômicas inadequadas e devido ao seu despreparo para lidar com a crise russa ocorrida no ano anterior. Após isso, passou a direcionar a maior parte de seu comércio para o Ocidente, ingressando também na OMC.
Economia da Lituânia 
Ano calendário 
<perCent> 15.4 
xsd:decimal 10100000000 
xsd:decimal 31370000000 
xsd:decimal 29010000000 
produtos minerais 22%, máquinas e equipamentos 10%, produtos químicos 9%, têxteis 7%, alimentos 7%, plásticos 7% 
xsd:integer 355 
Vilnius skyline at night.Lithuania.JPG 
xsd:decimal 31410000000 
minerais, máquinas e equipamentos, equipamentos de transporte, produtos químicos, tecidos e roupas, metais 
máquinas para corte de metal, motores elétricos, televisores, geladeiras, refino de petróleo, construção naval , têxteis, alimentos processados, fertilizantes, máquinas agrícolas, equipamentos óticos, componentes eletrônicos, computadores, joias de âmbar 
<perCent> 4.1 
Edifícios modernos em Vilnius. 
Rússia 15,6%, Letônia 9,7%, Alemanha 8,9%, Polônia 6,7%, Estônia 6,3%, Países Baixos 5,8%, Bielorrússia 4,8% 
Rússia 32,1%, Alemanha 9,6%, Polônia 9%, Letônia 6,5%, Países Baixos 4,8% 
xsd:decimal 64200000000 
<perCent> 3.5 
xsd:integer 20100 
agricultura 3,3%, indústria 28,5%, comércio e serviços 68,2% 
<perCent> 4.0 
da 
xsd:decimal 9800000000 
xsd:integer 225 
xsd:integer 1620000 
agricultura 14%, indústria 29,1%, comércio e serviços 56,9% 
A Lituânia tornou-se membro da Organização Mundial do Comércio e ingressou na União Europeia em 1 de maio de 2004. Desde a sua segunda independência, em 1991 e durante muitos anos, o país concentrou a maior parte de seu comércio com a Rússia. Porém, enfrentou uma crise em 1999 devido a opções econômicas inadequadas e devido ao seu despreparo para lidar com a crise russa ocorrida no ano anterior. Após isso, passou a direcionar a maior parte de seu comércio para o Ocidente, ingressando também na OMC. 
xsd:nonNegativeInteger 69 
xsd:integer 39821 
xsd:nonNegativeInteger 3914 
xsd:integer 42828413 

data from the linked data cloud