Dinastia Han

http://pt.dbpedia.org/resource/Dinastia_Han an entity of type: Thing

A Dinastia Han foi uma dinastia chinesa que durou de 206 a.C. até 220 d.C., tendo sido precedida pela dinastia Qin e seguida pelos três reinos da China. A dinastia Han foi governada pela família conhecida como o clã de Liu. O reino da dinastia Han, com seus 400 anos de duração, é considerado geralmente um dos grandes períodos da história da China. Até hoje, a maioria étnica da China ainda diz ser "descendente de Han".
Dinastia Han 
xsd:integer 189  193  202  206  208  220 
Changan ( ) 
Luoyang ( ) 
Xuchang 
Ásia 
xsd:integer
xsd:integer 59594978 
xsd:integer 6000000 
xsd:integer 25 
xsd:integer 206 
Império 
Estabelecimento em Chang'an 
Monarquia 
A dinastia Han em 87 d.C. 
Han map.jpg 
Dinastia Han 
Dinastia Han 
漢朝 
Dinastia Qin 
China 
China 
Cao Wei 
Shu Han 
Wu Oriental 
xsd:integer 220 
xsd:integer 206 
xsd:gYear 0220  -206 
Chanceler 
A dinastia Han em 87 d.C. 
A Dinastia Han foi uma dinastia chinesa que durou de 206 a.C. até 220 d.C., tendo sido precedida pela dinastia Qin e seguida pelos três reinos da China. A dinastia Han foi governada pela família conhecida como o clã de Liu. O reino da dinastia Han, com seus 400 anos de duração, é considerado geralmente um dos grandes períodos da história da China. Até hoje, a maioria étnica da China ainda diz ser "descendente de Han". Durante a dinastia Han, China oficialmente transformou-se em um estado confucionista e progrediu em questões internas: a agricultura, artesanato e o comércio floresceram, e a população chegou a 55 milhões. Entrementes, o império estendeu sua influência política, cultural, e o território sobre a Coreia, a Mongólia, o Vietnã, e a Ásia central antes de finalmente desmoronar sob uma combinação de pressões internas e externas. O primeiro dos dois períodos da dinastia foi denominada a Dinastia Han Anterior (em chinês tradicional: 前漢; em chinês simplificado: 前汉; em pinyin: Qiánhàn) ou Dinastia Han Ocidental (em chinês tradicional: 西漢; em chinês simplificado: 西汉; em pinyin: Xī Hàn), reinou de 206 a.C.-24 d.C., cuja capital era em Chang'an. A Dinastia Han Posterior (em chinês tradicional: 後漢; em chinês simplificado: 后汉; em pinyin: Hòu Hàn) ou Dinastia Han Oriental (em chinês tradicional: 東漢; em chinês simplificado: 东汉; em pinyin: Dōng Hàn) que reinou de 25 d.C.-220 d.C. cuja capital era em Luoyang. O termo ocidental-oriental é usado atualmente para evitar a confusão com a dinastia Han posterior do período das cinco dinastias e dos dez reinos. As duas dinastias são separadas pelo breve reinado da dinastia Xin, cujo único imperador foi Wang Mang. A dinastia Han foi notável também por sua aptidão militar. O império expandiu-se para o oeste à bacia de Tarim (na região autónoma moderna de Xinjiang-Uyghur), com expedições militares para o oeste, assim como além-mar Cáspio, tornando possível o tráfego mercantil através da Ásia central, desenvolvendo o comércio inclusive com os romanos. Os trajetos do tráfego vieram a ser conhecidos como "a estrada de seda" porque a rota foi usada para exportar a seda chinesa. Os exércitos chineses também invadiram e anexaram partes da Coreia setentrional (Wiman Joseon) (assim como o estabelecimento de colônias) e Vietnã do norte para no final do século II d.C. As beiras perto dos territórios periféricos eram frequentemente tensas por possíveis conflitos com outros estados. Para assegurar a paz com os poderes não Chineses, a corte de Han desenvolveu "um sistema mutuamente tributário benéfico". Foi permitido aos estados não chineses permanecer autônomos em troca da aceitação simbólica da autoridade de Han. Os laços tributários foram confirmados e reforçados. No século I da era cristã, a luta iniciada na dinastia anterior contra os "bárbaros do oeste", como eram chamados os homens da estepes (hunos da atual Mongólia, descendentes de turco-mongóis), prosseguiu, passando eles à condição de vassalos dos chineses. O longo período de governo dos Han possibilitou a formação de uma nação chinesa. Os dialetos foram unificados e ocorreu a miscigenação dos diversos grupos étnicos que viviam na região. Entretanto, no final da dinastia, os homens das estepes voltaram à ofensiva, o que, juntamente com revoltas internas da nobreza, gerou uma série de lutas, que duraram cerca de 75 anos. A dinastia Han foi afinal destronada. O território chinês foi dividido em três reinos - Cao Wei, Shu Han e Wu Oriental - começando então uma era de conflitos entre os três estados. 
xsd:nonNegativeInteger 319 
Dinastia Han 
漢朝 
xsd:integer 11348 
xsd:nonNegativeInteger 17200 
xsd:integer 44191409 

data from the linked data cloud