Diabetes mellitus tipo 1

http://pt.dbpedia.org/resource/Diabetes_mellitus_tipo_1 an entity of type: Thing

O diabetes mellitus tipo 1 é uma disfunção metabólica e uma das formas de diabetes mellitus. É uma doença autoimune que resulta em destruição das células beta do pâncreas, as quais produzem insulina.O diabetes mellitus tipo 1 acomete aproximadamente de 5-10% da população de diabéticos. Sua incidência varia de acordo com a geografia, sendo mais prevalente em alguns países europeus. No Brasil, a incidência é de sete pacientes a cada 100 mil habitantes. Os sintomas do Diabetes mellitus tipo 1 surgem geralmente na infância e adolescência, o que torna os pacientes dependentes de insulinoterapia por toda a vida.
Diabetes mellitus tipo 1 
xsd:integer 250 
E10 
xsd:integer 3649 
med 
xsd:integer 546 
Blue circle for diabetes.svg 
Símbolo universal do diabetes. 
xsd:integer 305 
Diabetes mellitus tipo 1 
D003922 
E10 
250.x1, 250.x3 
D003922 
xsd:integer 222100 
Símbolo universal do diabetes. 
xsd:integer 222100 
O diabetes mellitus tipo 1 é uma disfunção metabólica e uma das formas de diabetes mellitus. É uma doença autoimune que resulta em destruição das células beta do pâncreas, as quais produzem insulina. O diabetes mellitus tipo 1 acomete aproximadamente de 5-10% da população de diabéticos. Sua incidência varia de acordo com a geografia, sendo mais prevalente em alguns países europeus. No Brasil, a incidência é de sete pacientes a cada 100 mil habitantes. Os sintomas do Diabetes mellitus tipo 1 surgem geralmente na infância e adolescência, o que torna os pacientes dependentes de insulinoterapia por toda a vida. Antigamente conhecido como diabetes juvenil, o diabetes tipo 1 é geralmente diagnosticado em crianças e jovens. Diferentemente do que ocorre nos casos de diabetes tipo 2, nos quais existe produção reduzida de insulina, no diabetes tipo 1 o corpo não produz insulina alguma. Um subtipo de tipo 1, chamado de LADA (ou diabetes autoimune latente), é identificado pela presença de anticorpos contra células beta e tipicamente se desenvolve lentamente, aparecendo quando o indivíduo já é adulto, o que o leva a ser confundido com o tipo 2. Além disso, uma pequena proporção de casos de diabetes tipo 2 manifestam uma forma genética do doença conhecida como diabetes juvenil de início tardio. A insulina é um hormônio necessário para promover a captação da glicose (presente no açúcar, amidos e outros tipos de alimentos) pelas células, de modo a fornecê-las a energia necessária para a vida diária. Sem insulina o bastante, muita glicose permanece na corrente sanguínea. A alta quantidade de glicose no sangue, chamada hiperglicemia, pode ser causada, por exemplo, ao se comer uma refeição maior do que a usual, perder uma dose de medicação ou insulina, estar doente, inativo ou até mesmo estressado. A baixa quantidade de glicose no sangue, chamada hipoglicemia, pode ocorrer caso haja muita insulina em seu organismo, se você não houver se alimentado corretamente ou pulado uma refeição ou caso você esteja muito ativo sem comer a quantidade necessária de carboidratos. Outra condição que pode ser causada pelo diabetes tipo 1 é a cetoacidose, associada à hiperglicemia. Ela ocorre quando há pouca insulina na corrente sanguínea para ajudar a glicose a penetrar nas células e o corpo busca outros tipos de combustível para queimar. Monitorar a glicemia (nível de glicose no sangue) e tomar uma ação para trazê-la de volta a uma variação saudável pode ajudar os pacientes a levar uma vida plena e com saúde. 
xsd:nonNegativeInteger 25 
Diabetes mellitus tipo 1 
xsd:integer 1145248 
xsd:nonNegativeInteger 8369 
xsd:integer 44644896 

data from the linked data cloud