Dezessete Províncias

http://pt.dbpedia.org/resource/Dezessete_Províncias

As Dezessete Províncias eram, nos séculos XV e séculos XVI, territórios reunidos pelos duques de Borgonha e pelo imperador Carlos V, formando um só Estado. Em sua maioria, essas províncias eram feudos do Sacro Império Romano; os condados Flandres e de Artois eram originalmente feudos franceses que haviam sido cedidos pelo Tratado de Cambrai, em 1529.As Dezessete Províncias correspondiam aproximadamente aos atuais Países Baixos, Bélgica, Luxemburgo, norte da França (Nord-Pas-de-Calais) e a uma pequena parte do oeste da Alemanha.
Dezessete Províncias 
As Dezessete Províncias eram, nos séculos XV e séculos XVI, territórios reunidos pelos duques de Borgonha e pelo imperador Carlos V, formando um só Estado. Em sua maioria, essas províncias eram feudos do Sacro Império Romano; os condados Flandres e de Artois eram originalmente feudos franceses que haviam sido cedidos pelo Tratado de Cambrai, em 1529. A Pragmática Sanção de 1549 estabeleceu que as províncias deveriam permanecer unidas sob a mesma coroa (união pessoal). Em consequência, Carlos V criou o título de Senhor dos Países Baixos; apenas ele próprio e seu filho Filipe II da Espanha o usariam. Não obstante, os Habsburgos mantiveram a soberania sobre esses territórios até 1795 - num primeiro momento o ramo espanhol e depois, o ramo austríaco. A denominação Dezessete Províncias foi mantida enquanto a união pessoal foi controlada pelos Duques de Borgonha da Casa de Valois. Em 1512, quando passou para as mãos dos Arquiduques da Áustria da Casa de Habsburgo, as províncias passaram a constituir a maior parte do que então passou a se chamar Círculo de Borgonha. As Dezessete Províncias correspondiam aproximadamente aos atuais Países Baixos, Bélgica, Luxemburgo, norte da França (Nord-Pas-de-Calais) e a uma pequena parte do oeste da Alemanha. 
xsd:nonNegativeInteger 52 
xsd:integer 1601789 
xsd:nonNegativeInteger 2558 
xsd:integer 44441597 

data from the linked data cloud