Cupópia

http://pt.dbpedia.org/resource/Cupópia

A cupópia (palavra que significa fala) é um anticrioulo do português falado no bairro rural do Cafundó, em Salto de Pirapora, São Paulo, Brasil, um quilombo. A língua combina a estrutura morfossintática do dialeto caipira do português, falado nos arredores da comunidade, com cerca de 160 palavras de origem africana (principalmente do quimbundo). Contando 40 falantes quando de seus primeiros registros científicos, em 1978, a cupópia é falada por 12 pessoas atualmente.
Cupópia 
A cupópia (palavra que significa fala) é um anticrioulo do português falado no bairro rural do Cafundó, em Salto de Pirapora, São Paulo, Brasil, um quilombo. A língua combina a estrutura morfossintática do dialeto caipira do português, falado nos arredores da comunidade, com cerca de 160 palavras de origem africana (principalmente do quimbundo). Contando 40 falantes quando de seus primeiros registros científicos, em 1978, a cupópia é falada por 12 pessoas atualmente. Os oitenta habitantes do Cafundó atual, antes de tudo, são falantes de uma variedade do português rural. É na estrutura deste português que a "cupópia" se desenvolve. Contudo, a "cupópia" é usada apenas por oito falantes e somente em situações especiais. Por exemplo, diante de estranhos, quando os dialogantes não desejam revelar-lhes o conteúdo da conversa. O uso secreto de falas africanas foi muito comum no Brasil colonial. A "cupópia" é um anticrioulo, pois tem um vocabulário africano que a língua portuguesa não tem, e o usa intensamente sem apelar para o vocabulário português. O vocabulário da língua portuguesa não é utilizado na "cupópia" (a não ser raramente em forma de empréstimo). Como usa a estrutura da língua portuguesa, a "cupópia" é então uma língua mista, distinta do português. 
xsd:nonNegativeInteger 19 
xsd:integer 185404 
xsd:nonNegativeInteger 6445 
xsd:integer 39229431 

data from the linked data cloud