Cumulonimbus

http://pt.dbpedia.org/resource/Cumulonimbus

Um cúmulo-nimbo ou, em latim cumulonimbus, é um tipo de nuvem caracterizada por um grande desenvolvimento vertical. Tipicamente, surge a partir do desenvolvimento de cúmulos que, por ação de ventos convectivos ascendentes, ganham massa e volume e passam a ser cumulus congestus e, no auge de sua evolução, torna-se um cúmulo-nimbo, quando atingem mais de quinze quilômetros de altura. Uma de suas principais características é o formato de bigorna que forma-se em seu topo, resultado dos ventos da alta troposfera. Tipicamente produzem muita chuva, principalmente durante os meses mais quentes do ano. Nuvens isoladas possuem ciclo de vida médio de uma hora. Classificam-se em dois tipos principais, cuja diferença é o seu formato superior, enquanto que características peculiares ganham denominações
Cumulonimbus 
xsd:integer 1993  2002  2003  2006  2011  2013 
John A. Knox 
Martin A. Uman 
Perry Samson 
xsd:integer
Academic Press 
Jones and Bartlett Learning 
Penguin Group 
xsd:integer
xsd:integer 978 
en 
Robin 
C. Donald 
Gavin 
Steven A. 
Robert A., Jr 
Vladimir A. 
xsd:integer 528  573  608  632  687 
harv 
Ackerman 
Ahrens 
Houze 
McIlveen 
Pretor-Pinney 
Rakov 
The Science, History, and Culture of Clouds 
physics and effects 
Lightning 
Meteorology 
Cloud Dynamics 
Extreme Weather and Climate 
Fundamentals of Weather and Climate 
The Cloudspotter's Guide 
http://books.google.com.br/books?id=nRkEAAAAQBAJ&pg=PA110&dq=cumulonimbus&hl=pt-BR&sa=X&ei=lu79UsPcNrKgsASQ5oHADw&ved=0CDgQuwUwATgU#v=onepage&q=cumulonimbus&f=false 
http://books.google.com.br/books?id=TuMa5lAa3RAC&pg=PA364&dq=lightning+dielectric+air&hl=pt-BR&sa=X&ei=Xvj0UsagNvKtsAT0pIE4&ved=0CHsQuwUwCTgU#v=onepage&q=lightning%20dielectric%20air&f=false 
http://books.google.com.br/books?id=5DKWGZwBBEYC&pg=PA268&dq=cumulonimbus&hl=pt-BR&sa=X&ei=lu79UsPcNrKgsASQ5oHADw&ved=0CEAQuwUwAjgU#v=onepage&q=cumulonimbus&f=false 
http://books.google.com.br/books?id=ix4qy7FihDcC&pg=PT48&dq=cumulonimbus&hl=pt-BR&sa=X&ei=VOj9Uvj6F-LjsATp1ILwDA&ved=0CH0QuwUwCg#v=onepage&q=cumulonimbus&f=false 
http://books.google.com.br/books?id=PkScAQAAQBAJ&pg=PA446&dq=cumulonimbus&hl=pt-BR&sa=X&ei=VOj9Uvj6F-LjsATp1ILwDA&ved=0CFUQuwUwBQ#v=onepage&q=cumulonimbus&f=false 
http://books.google.com.br/books?id=qWcrAQAAQBAJ&pg=PA119&dq=cumulonimbus&hl=pt-BR&sa=X&ei=iu79UvSMItHJsQTirIKgCg&ved=0CEEQuwUwAjgK#v=onepage&q=cumulonimbus&f=false 
xsd:integer 99 
Infobox Nuvem 
Um cúmulo-nimbo ou, em latim cumulonimbus, é um tipo de nuvem caracterizada por um grande desenvolvimento vertical. Tipicamente, surge a partir do desenvolvimento de cúmulos que, por ação de ventos convectivos ascendentes, ganham massa e volume e passam a ser cumulus congestus e, no auge de sua evolução, torna-se um cúmulo-nimbo, quando atingem mais de quinze quilômetros de altura. Uma de suas principais características é o formato de bigorna que forma-se em seu topo, resultado dos ventos da alta troposfera. Tipicamente produzem muita chuva, principalmente durante os meses mais quentes do ano. Nuvens isoladas possuem ciclo de vida médio de uma hora. Classificam-se em dois tipos principais, cuja diferença é o seu formato superior, enquanto que características peculiares ganham denominações especiais. Este tipo de nuvem frequentemente associa-se a eventos meteorológicos extremos, como a ocorrência de tempestades com muitos raios e chuva volumosa, além de granizo e neve. Podem ocorrer isoladas, em conjunto (formando multicélulas) ou associadas à frentes. Um cúmulo-nimbo, ao atingir o extremo de seu desenvolvimento, forma uma supercélula que, por sua vez, é responsável por eventos extremos, como fortes chuvas de granizo, muitos raios e tornados. 
xsd:nonNegativeInteger 59 
xsd:integer 233948 
xsd:nonNegativeInteger 14592 
xsd:integer 42395417 

data from the linked data cloud