Culto imperial

http://pt.dbpedia.org/resource/Culto_imperial

O culto imperial foi introduzido em Roma no início do principado de Augusto e teve uma grande importância no processo de centralização do poder e unificação do Império Romano, expandindo-se rapidamente por todas as províncias.Um imperador falecido considerado digno de honra podia se tornar uma divindade do Estado romano (divus) através de uma cerimônia de apoteose concedida pelo Senado. A concessão da apoteose servia de julgamento sobre as ações dos governantes imperiais, da qual eram excluídos imperadores impopulares ou considerados indignos.
Culto imperial 
O culto imperial foi introduzido em Roma no início do principado de Augusto e teve uma grande importância no processo de centralização do poder e unificação do Império Romano, expandindo-se rapidamente por todas as províncias. Um imperador falecido considerado digno de honra podia se tornar uma divindade do Estado romano (divus) através de uma cerimônia de apoteose concedida pelo Senado. A concessão da apoteose servia de julgamento sobre as ações dos governantes imperiais, da qual eram excluídos imperadores impopulares ou considerados indignos. 
xsd:nonNegativeInteger 46 
xsd:integer 171900 
xsd:nonNegativeInteger 7525 
xsd:integer 43809343 

data from the linked data cloud