Contralto

http://pt.dbpedia.org/resource/Contralto

Contralto é o tipo de voz feminina mais baixo e pesado, com menor tessitura e também a mais rara. O alcance vocal da contralto cai entre tenor e mezzo-soprano, normalmente do F3 para o F5, embora nos extremos algumas vozes podem chegar de um A1 para um B♭5. Tem um timbre robusto e vigoroso. Sua extensão aguda é curta e compensada no registro grave. Não tem muita divisão interna por timbre, e raramente canta papéis em óperas. Cantoras contraltos de óperas são raras, e a literatura operística contém alguns papéis escritos especificamente para elas. Contraltos, por vezes, são atribuídos a papéis femininos como Angelina em La Cenerentola , Rosina em O Barbeiro de Sevilha, Isabella em L'italiana in Algeri, e Olga em Eugene Onegin, freqüentemente interpretando mulheres vilãs ou papéis de in trav
Contralto 
Contralto é o tipo de voz feminina mais baixo e pesado, com menor tessitura e também a mais rara. O alcance vocal da contralto cai entre tenor e mezzo-soprano, normalmente do F3 para o F5, embora nos extremos algumas vozes podem chegar de um A1 para um B♭5. Tem um timbre robusto e vigoroso. Sua extensão aguda é curta e compensada no registro grave. Não tem muita divisão interna por timbre, e raramente canta papéis em óperas. Cantoras contraltos de óperas são raras, e a literatura operística contém alguns papéis escritos especificamente para elas. Contraltos, por vezes, são atribuídos a papéis femininos como Angelina em La Cenerentola , Rosina em O Barbeiro de Sevilha, Isabella em L'italiana in Algeri, e Olga em Eugene Onegin, freqüentemente interpretando mulheres vilãs ou papéis de in travestir, originalmente escritos para castrati. Uma famosa cantora de ópera com uma voz de contralto foi a lendária Marian Anderson. Outra no início do século 20 foi estrela de ópera austríaca, Ernestine Schumann-Heink. Algumas das mais populares cantoras pop e jazz de todos os tempos foram e são contraltos, apesar de não terem a designação formal da extensão vocal: Judy Garland, Karen Carpenter, Nina Simone, Alicia Keys, Adele e Amy Winehouse são algumas das cantoras mortas e vivas que possuem essa forte, voz incomum. 
xsd:nonNegativeInteger 141 
xsd:integer 99596 
xsd:nonNegativeInteger 7640 
xsd:integer 44886250 

data from the linked data cloud