Codex Vaticanus

http://pt.dbpedia.org/resource/Codex_Vaticanus

O Codex Vaticanus (Vaticano, Bibl. Vat., Vat. gr. 1209; no. B ou 03 Gregory-Aland, δ 1 von Soden), é um dos mais antigos manuscritos existentes da Bíblia grega (Antigo e Novo Testamento) e um dos quatro grandes códices unciais. O nome do codex deve-se ao fato de estar guardado na Biblioteca do Vaticano, pelo menos desde o século XV. Escrito em 759 folhas de velino em letras unciais, foi datado palaeograficamente como sendo do século IV.
Codex Vaticanus 
Página do Codex Vaticanus; final de 2Ts e começo de Hebreus 
c. 300-325 
Vaticanus 
xsd:integer 27 
Antigo e Novo Testamento 
xsd:integer
muito perto do P66, P75, 0162 
O Codex Vaticanus (Vaticano, Bibl. Vat., Vat. gr. 1209; no. B ou 03 Gregory-Aland, δ 1 von Soden), é um dos mais antigos manuscritos existentes da Bíblia grega (Antigo e Novo Testamento) e um dos quatro grandes códices unciais. O nome do codex deve-se ao fato de estar guardado na Biblioteca do Vaticano, pelo menos desde o século XV. Escrito em 759 folhas de velino em letras unciais, foi datado palaeograficamente como sendo do século IV. O manuscrito tornou-se conhecido por estudiosos ocidentais por causa da correspondência entre Erasmo de Rotterdam e os prefeitos da Biblioteca do Vaticano. Partes do codex foram coligidos por vários estudiosos, mas numerosos erros foram feitos durante este processo. A relação do codex com a Vulgata não era clara e inicialmente os estudiosos não estavam cientes do valor do codex, o que mudou no século XIX, quando transcrições completas do codex foram concluídas. Foi nesse momento que os estudiosos perceberam que o texto diferia da Vulgata e do Textus Receptus. A erudição acadêmica atual considera o Codex Vaticanus como um dos melhores textos gregos do Novo Testamento, juntamente com o Codex Sinaiticus. Até a descoberta do texto do Sinaiticus por Tischendorf, o Codex Vaticanus era inigualável. O Codex Vaticanus foi usado extensivamente por Westcott e Hort na edição de "O Novo Testamento no Grego Original", em 1881. As edições mais vendidas do Novo Testamento grego são largamente baseadas no texto do Codex Vaticanus. 
xsd:nonNegativeInteger 316 
C. Vercellonis, J. Cozza, Bibliorum Sacrorum Graecus Codex Vaticanus, Roma 1868. 
Uncial 
xsd:integer 220 
xsd:integer 345520 
xsd:nonNegativeInteger 67724 
xsd:integer 44928387 

data from the linked data cloud