Cláusula Filioque

http://pt.dbpedia.org/resource/Cláusula_Filioque an entity of type: Concept

Filioque (em latim: "e (do) Filho") é uma frase encontrada na versão do Credo niceno-constantinopolitano em uso na Igreja Latina. Ela não está presente no texto grego desse credo como formulado originalmente no Primeiro Concílio de Constantinopla, onde se lê apenas que o Espírito Santo procede "do Pai":O texto, na versão latina, fala do Espírito Santo como procedendo "do Pai e do Filho":Os conflitos entre os defensores dessas duas doutrinas contribuíram para o Grande Cisma do Oriente de 1054 e ainda constituem um obstáculo para as tentativas de reunião das Igrejas católica e ortodoxa.
Cláusula Filioque 
xsd:date 2011-12-17 
xsd:integer 14  15  16  20 
Gálatas 
João 
Romanos 
Filipenses 
inglês 
português 
Christian Cyclopedia 
Global Catholic Network 
Got Questions 
Orthodox wiki 
OrthodoxAnswers.org 
Standing Conference of Orthodox Bishops of America 
Filioque 
Joint North American Orthodox-Catholic Statement 
O que é a Cláusula filioque? 
The Greek and Latin Traditions Regarding the Procession of the Holy Spirit 
http://www.scoba.us/resources/orthodox-catholic/2003filioque.html 
http://www.ewtn.com/library/CURIA/PCCUFILQ.HTM 
http://www.orthodoxanswers.org/filioque.pdf 
http://www.orthodoxwiki.org/Filioque 
http://www.gotquestions.org/Portugues/clausula-filioque.html 
http://cyclopedia.lcms.org/display.asp?t1=f&word=FILIOQUECONTROVERSY 
xsd:integer 13  15  16  19  22  26 
xsd:integer 15 
Filioque (em latim: "e (do) Filho") é uma frase encontrada na versão do Credo niceno-constantinopolitano em uso na Igreja Latina. Ela não está presente no texto grego desse credo como formulado originalmente no Primeiro Concílio de Constantinopla, onde se lê apenas que o Espírito Santo procede "do Pai": O texto, na versão latina, fala do Espírito Santo como procedendo "do Pai e do Filho": Frequentemente diz-se que o primeiro caso conhecido da inserção da palavra Filioque na versão latina do Credo niceno-constantinopolitano ocorreu no Terceiro Concílio de Toledo (589) e que a sua inclusão a partir daí se espalhou espontaneamente por todo o Império dos Francos. No século IX, o Papa Leão III, ainda que aceitando a doutrina da procedência do Espírito Santo do Pai e do Filho, se opôs à adoção da cláusula Filioque. Em 1014, porém, o canto do credo - com a Filioque - foi adotado na celebração da missa em Roma. A inserção foi inspirada pela doutrina, tradicional no Ocidente e encontrada também em Alexandria, que foi declarada dogmaticamente pelo Papa Leão I em 447, e que é chamada filioquismo. A esta doutrina opõe-se a doutrina do monopatrismo, formulada por Fócio (veja Cisma de Fócio), patriarca de Constantinopla, quem manteve que a frase "que procede do Pai" (τὸ ἐκ τοῦ Πατρὸς ἐκπορευόμενον) do Credo niceno-constantinopolitano deve ser interpretada no sentido de "que procede do Pai sozinho (τὸ ἐκ μόνου τοῦ Πατρὸς ἐκπορευόμενον). Os conflitos entre os defensores dessas duas doutrinas contribuíram para o Grande Cisma do Oriente de 1054 e ainda constituem um obstáculo para as tentativas de reunião das Igrejas católica e ortodoxa. 
xsd:nonNegativeInteger 410 
xsd:integer 1022186 
xsd:nonNegativeInteger 169747 
xsd:integer 44045808 

data from the linked data cloud