Cerco de Malta

http://pt.dbpedia.org/resource/Cerco_de_Malta an entity of type: Thing

O Cerco de Malta (também conhecido como o Grande Cerco de Malta) aconteceu em 1565, quando o Império Otomano quis conquistar a ilha estratégica, sede da Ordem de Malta.Situada ao sul da Sicília e quase eqüidistante das costas líbias e tunisianas, controlava as rotas comerciais entre o Mediterrâneo Ocidental e Oriental, assim como as que uniam a península ibérica e o Norte da África. Dotada de excelentes portos naturais, a queda da ilha em mãos turcas teria tido conseqüências para a Europa cristã, tendo em conta a fraca resistência que algumas potências europeias - envolvidas entre si em conflitos de dimensão continental - apresentavam então ao avanço do Islã conquistador, tanto dos turcos, como de tribos berberiscas.
Cerco de Malta 
xsd:integer 18 
xsd:integer 6100  22000 
xsd:integer 300 
O Cerco de Malta - chegada da frota turca, Matteo Perez d' Aleccio 
Vitória decisiva dos Cavaleiros Hospitalários 
xsd:integer 2500 
< 25 000 - 35 000 
xsd:integer 25 
25pxImpério Otomano 
25 pxImpério Espanhol 
25pxCavaleiros Hospitalários 
Vitória decisiva dosCavaleiros Hospitalários 
22 000 - 48 000 soldados 
6 100 - 8 500 soldados 
O Cerco de Malta - chegada da frota turca,Matteo Perez d' Aleccio 
Cerco de Malta 
O Cerco de Malta (também conhecido como o Grande Cerco de Malta) aconteceu em 1565, quando o Império Otomano quis conquistar a ilha estratégica, sede da Ordem de Malta. Situada ao sul da Sicília e quase eqüidistante das costas líbias e tunisianas, controlava as rotas comerciais entre o Mediterrâneo Ocidental e Oriental, assim como as que uniam a península ibérica e o Norte da África. Dotada de excelentes portos naturais, a queda da ilha em mãos turcas teria tido conseqüências para a Europa cristã, tendo em conta a fraca resistência que algumas potências europeias - envolvidas entre si em conflitos de dimensão continental - apresentavam então ao avanço do Islã conquistador, tanto dos turcos, como de tribos berberiscas. O cerco é considerado um dos mais importantes na história militar e, no ponto de vista dos defensores, o mais bem sucedido. No entanto, ele não deve ser encarado como um acontecimento isolado, mas como o ponto culminante de uma escalada de hostilidades entre os impérios espanhol e otomano pelo controle do Mediterrâneo, escalada que incluiu um ataque prévio sobre Malta, em 1551, por parte do corsário turco Turgut Reis, e que, em 1560, havia suposto uma importante derrota da Armada Espanhola pelos turcos na batalha de Djerba. É notável que para os ocidentais o Cerco de Malta seja um dos fatos mais importantes da Idade Moderna, enquanto que para os turcos tenha pouca importância. Esta diferença pode dever-se a duas razões, não necessariamente contraditórias entre si: em primeiro lugar, o desenlace do cerco não afetou em profundidade o Império Otomano, e em segundo lugar, os turcos saíram derrotados. Algo semelhante ocorreu na batalha de Lepanto, em 1571. 
xsd:nonNegativeInteger 217 
Cerco de Malta 
xsd:integer 1406193 
xsd:nonNegativeInteger 48814 
xsd:integer 44458390 

data from the linked data cloud