Castelo de Chambord

http://pt.dbpedia.org/resource/Castelo_de_Chambord

O Castelo de Chambord (em francês: Château de Chambord), é um palácio da França localizado em Chambord, Loir-et-Cher, França.É um dos mais conhecidos castelos do mundo devido à sua distinta arquitetura em estilo Renascentista francês que combina as formas medievais francesas tradicionais com as estruturas clássicas italianas.Próximo do final da obra, o Rei Francisco I exibiu o seu enorme símbolo de poder e riqueza, ao convidar o seu velho inimigo, o imperador Carlos V, para Chambord.
Castelo de Chambord 
O Castelo de Chambord (em francês: Château de Chambord), é um palácio da França localizado em Chambord, Loir-et-Cher, França. É um dos mais conhecidos castelos do mundo devido à sua distinta arquitetura em estilo Renascentista francês que combina as formas medievais francesas tradicionais com as estruturas clássicas italianas. Embora seja o maior palácio do vale do rio Loire, foi construído apenas para servir de pavilhão de caça para Francisco I de França, que mantinha a sua residência no Château de Blois e no Château d'Amboise. O projeto original do Château de Chambord é atribuído, apesar de várias dúvidas, a Domenico da Cortona, cujos modelos de madeira sobreviveram tempo suficiente para serem traçados por André Félibien, no século XVII. Alguns autores, de qualquer forma, afirmam que o arquitecto renascentista francês Philibert Delorme teve um papel considerável no desenho do palácio. Chambord foi alterado consideravelmente ao longo dos vinte anos que durou a sua construção (1519 ‑ 1547), período durante o qual foi supervisionado in loco por Pierre Neveu. Em 1913, Marcel Reymond fez a primeira sugestão de que Leonardo da Vinci, um convidado do rei Francisco I, em Clos Lucé próximo de Amboise, foi responsável pelo desenho original, o qual reflecte os planos de Leonardo para um château em Romorantin para a Rainha-mãe, e o seu interesse no planeamento central e na escadaria em dupla-hélice; a discussão ainda não está concluida. Próximo do final da obra, o Rei Francisco I exibiu o seu enorme símbolo de poder e riqueza, ao convidar o seu velho inimigo, o imperador Carlos V, para Chambord. 
xsd:nonNegativeInteger 65 
xsd:integer 1142271 
xsd:nonNegativeInteger 11064 
xsd:integer 42734251 

data from the linked data cloud