Casa da Dinda

http://pt.dbpedia.org/resource/Casa_da_Dinda

Casa da Dinda é o nome da mansão da família Collor de Mello no Lago Norte, e foi a escolha do então eleito presidente Fernando Collor de Mello como moradia oficial na sua passagem pela Presidência da República. Fica localizada, mais precisamente, na SML ML 10 Conjunto 1 5, 23 - Setor de Mansões do Lago Norte.Recebeu então o novo nome, Casa da Dinda, em homenagem à avó de dona Leda Collor, mãe do ex-presidente e esposa de Arnon, então senador."Quando tudo acabava, ficava uma sujeira danada, sangue espalhado", disse a ex-primeira-dama.
Casa da Dinda 
SML ML 10 Conjunto 1 5, 23 - Setor de Mansões do Lago Norte - Lago Norte - DF 
Collor corre nas proximidades da casa da Dinda.jpg 
xsd:integer -157738547 
Presidente Collor corre nas proximidades da Casa da Dinda 
Lago Norte, DF, Brasil 
xsd:integer 478159916 
Casa da Dinda 
xsd:decimal 2300000000 
Brasil's Garden 
Casa Pirangi 
Casa da Dinda é o nome da mansão da família Collor de Mello no Lago Norte, e foi a escolha do então eleito presidente Fernando Collor de Mello como moradia oficial na sua passagem pela Presidência da República. Fica localizada, mais precisamente, na SML ML 10 Conjunto 1 5, 23 - Setor de Mansões do Lago Norte. Anteriormente chamada de Casa Pirangi, quando o ex-governador do Rio Grande do Norte Sílvio Pizza Pedrosa passou a exercer o cargo de subchefe da Casa Civil nos governos JK e João Goulart, construindo a residência no setor de mansões do Lago Norte, a mansão foi comprada por Arnon Afonso de Farias Melo, em 1964. Recebeu então o novo nome, Casa da Dinda, em homenagem à avó de dona Leda Collor, mãe do ex-presidente e esposa de Arnon, então senador. Fernando Collor escolheu a mansão como opção contra as residências funcionais, o Palácio da Alvorada e a Granja do Torto, que em sua concepção eram "escolha de marajás". Ele ficou famoso por ser o "caçador de marajás". Imediatamente se tornou rota dos grupos turísticos e escolares, que compareciam aos montes nos domingos, esperando-o deixar a mansão para fazer sua tradicional caminhada de 30 minutos.Roseane Collor, sua ex exposa disse detalhes sórdidos ao escândalo da casa , afirmando em livro que os jardins da residência oficial foram usados para o sacrifício de animais em rituais de magia negra. "Quando tudo acabava, ficava uma sujeira danada, sangue espalhado", disse a ex-primeira-dama. 
xsd:nonNegativeInteger 32 
xsd:integer 1338333 
xsd:nonNegativeInteger 6627 
xsd:integer 44814584 

data from the linked data cloud