Carlos I de Espanha

http://pt.dbpedia.org/resource/Carlos_I_de_Espanha an entity of type: Thing

Carlos V & I (Gante, 24 de fevereiro de 1500 – Cuacos de Yuste, 21 de setembro de 1558) foi o Sacro Imperador Romano-Germânico como Carlos V a partir de 1519 e Rei da Espanha como Carlos I de 1516 até sua abdicação em favor de seu irmão mais novo Fernando I no império e seu filho Filipe II na Espanha.
Carlos I de Espanha 
right 
Senhor 
Sua Alteza ou Senhor 
xsd:integer 1506  1516  1519 
Joana e Filipe o Belo 
Firma Emperador Carlos V.svg 
Greater Coat of Arms of Charles I of Spain, Charles V as Holy Roman Emperor .svg 
(por Ticiano, no Museu do Prado) 
Carlos V com cachorro, 
Retrato equestre de Carlos V 
(por Jakob Seisenegger, no Kunsthistorisches Museum) 
horizontal 
Carlos V en Mühlberg, by Titian, from Prado in Google Earth.jpg 
Jakob_Seisenegger_001.jpg 
xsd:integer 100 
Titian - Portrait of Charles V Seated - WGA22964.jpg 
xsd:integer 245 
(Retrato por Ticiano ou por Lambert Sustris, 1548) 
Brasão Ornamentado da Espanha 
Brasão da Espanha 
Carlos V & I 
Carlos V do Sacro Império Romano Germânico & I da Espanha 
Carlos I de Castela, Leão, Aragão & da Sicília, Carlos IV de Nápoles & Carlos V dos Romanos 
Joana 
Rei da Germânia e Itália 
e Conde Palatino de Borgonha 
Esposa 
Predecessora 
xsd:integer 50 
xsd:integer 170  240 
(Retrato porTicianoou porLambert Sustris, 1548) 
Joana 
Coroações 
Co-monarca 
Carlos V & I (Gante, 24 de fevereiro de 1500 – Cuacos de Yuste, 21 de setembro de 1558) foi o Sacro Imperador Romano-Germânico como Carlos V a partir de 1519 e Rei da Espanha como Carlos I de 1516 até sua abdicação em favor de seu irmão mais novo Fernando I no império e seu filho Filipe II na Espanha. Carlos era o herdeiro de três das principais dinastias europeias: a Casa de Habsburgo da Monarquia de Habsburgo, a Casa de Valois-Borgonha dos Países Baixos Borgonheses e a Casa de Trastâmara das coroas de Aragão e Castela. Ele governou vastos domínios na Europa central, oriental e do sul, além das colônias espanholas nas Américas. Como o primeiro monarca a governar Castela, Leão e Aragão simultaneamente, ele se tornou o primeiro Rei da Espanha. Carlos tornou-se imperador em 1519. A partir de então seu império cobria mais de quatro milhões de quilômetros quadrados pela Europa, Oriente e Américas. Grande parte de seu reinado foi dedicado às guerras italianas contra a França, sendo militarmente bem sucedidas apesar dos enormes gastos, levando a criação do primeiro exército profissional europeu: o Terço. Suas forças recapturaram Milão e o Franco-Condado dos franceses depois de uma decisiva vitória na Batalha de Pavia em 1525, forçando o rei Francisco I de França a formar uma aliança franco-otomana. Solimão, grande rival de Carlos, conquistou a parte central da Hungria em 1526 após derrotar os cristãos na Batalha de Mohács. Entretanto, o avanço otomano parou depois de não conseguirem capturar Viena em 1529. Além de suas realizações militares, Carlos é mais conhecido por seu papel contra a Reforma Protestante. Vários príncipes germânicos abandonaram a Igreja Católica e formaram a Liga de Esmalcalda para poder desafiarem a autoridade de Carlos com força militar. Não desejando que guerras religiosas chegassem em seus domínios, ele forçou a convocação do Concílio de Trento que iniciou a Contrarreforma. A Companhia de Jesus foi estabelecida por Inácio de Loyola durante seu reinado para combater o protestantismo de forma pacífica e intelectual. No Novo Mundo a Espanha conquistou os astecas do México e os incas do Peru, extendendo seu controle por grande parte da América Central e do Sul. Carlos proveu Fernão de Magalhães com cinco navios, cuja viagem acabou se tornando a primeira circunavegação da Terra e criou as fundações para colonização das Filipinas. Apesar de sempre em guerra, Carlos preferia a paz. "Não cobiça territórios", escreveu Marcantonio Contarini em 1536, "mas o mais ganancioso de paz e tranquilidade". Carlos abdicou em 1556 de todos os seus títulos. A Monaquia de Habsburgo passou para seu irmão Fernando enquanto o Império Espanhol ficou com seu filho Filipe. Os dois impérios permaneceriam aliados até o século XVIII. Carlos tinha apenas 54 anos na época de sua abdicação, porém estava fisicamente exausto depois de governar energicamente por 34 anos e procurava paz de um monastério, onde morreu dois anos depois. 
xsd:nonNegativeInteger 430 
Carlos V & I 
xsd:integer 43877 
xsd:nonNegativeInteger 46493 
xsd:integer 44910742 

data from the linked data cloud