Capitania de Pernambuco

http://pt.dbpedia.org/resource/Capitania_de_Pernambuco an entity of type: Thing

A Capitania de Pernambuco foi uma das subdivisões do território brasileiro no período colonial. Abrangeu anacronicamente os territórios dos atuais estados de Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Alagoas e a porção ocidental da Bahia, possuindo, deste modo, fronteira ao sul/sudoeste com Minas Gerais (o extremo noroeste de Minas era a parte final da comarca do São Francisco: a capitania/província de Pernambuco avançava um pouco mais adentro do território norte/noroeste-mineiro do que a Bahia). Pernambuco vem de Paranambuca que significa pedra furada em tupi (se referindo a abertura meridional da barra do Capibaribe).
Capitania de Pernambuco 
xsd:integer 1534  1817 
Bandeira 
Bandeira Província de Pernambuco.svg 
América do Sul 
xsd:integer 28 
xsd:integer 10 
Capitania do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves]] 
Capitania do Brasil Colônia 
Mudança de Capitania para Província 
Criação da Capitania 
Flag United Kingdom Portugal Brazil Algarves.svg 
Coat of arms of the United Kingdom of Portugal, Brazil and the Algarves.svg 
A Capitania de Pernambuco abrangia os atuais estados de Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Alagoas e a porção ocidental da Bahia, chegando ao noroeste mineiro e nordeste goiano. Pernambuco foi a Capitania mais rica do Brasil Colônia. 
Duarte Coelho Pereira 
Luís do Rego Barreto 
Nordeste brasileiro - 1709 .JPG 
Pernambuco 
Capitania de Pernambuco 
Nordeste 
Província de Pernambuco 
Brasão 
xsd:integer 1821 
xsd:integer 1534 
xsd:gYear 1534  1821 
Governador 
A Capitania de Pernambuco abrangia os atuais estados dePernambuco,Paraíba,Rio Grande do Norte,Ceará,Alagoase a porção ocidental daBahia, chegando ao noroestemineiroe nordestegoiano. Pernambuco foi a Capitania mais rica doBrasil Colônia. 
Capitania do Brasil Colonial 
Capitania do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves 
A Capitania de Pernambuco foi uma das subdivisões do território brasileiro no período colonial. Abrangeu anacronicamente os territórios dos atuais estados de Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Alagoas e a porção ocidental da Bahia, possuindo, deste modo, fronteira ao sul/sudoeste com Minas Gerais (o extremo noroeste de Minas era a parte final da comarca do São Francisco: a capitania/província de Pernambuco avançava um pouco mais adentro do território norte/noroeste-mineiro do que a Bahia). Pernambuco vem de Paranambuca que significa pedra furada em tupi (se referindo a abertura meridional da barra do Capibaribe). Pernambuco foi uma das civilizações mais brilhantes da história da América Portuguesa, mas não manteve o seu peso original de séculos e sua tradição civilizatória já que desde o primeiro Censo foi o estado que menos cresceu (menos da metade da média do Brasil no período), fazendo-o pular dos primeiros lugares para fora mesmo dos cinco maiores. À época do Brasil Colônia, as únicas capitanias que prosperaram foram esta de Pernambuco (durante séculos); e a de São Vicente (somente em efêmeras décadas da metade do século XVI, quando perdeu competitividade diante de capitanias recém-conquistadas aos franceses tais como a da Paraíba e Rio Grande do Norte, cujo frete era muito mais competitivo por estar bem mais próximo dos portos da Europa); graças à indústria exportadora de açúcar. No início do século XVII, a Capitania de Pernambuco chegou a atingir o posto de maior e mais rica área de produção de açúcar do mundo. 
xsd:nonNegativeInteger 94 
Pernambuco 
Capitania de Pernambuco 
xsd:integer 49843 
xsd:nonNegativeInteger 10904 
xsd:integer 44884288 

data from the linked data cloud