Bosco Brasil

http://pt.dbpedia.org/resource/Bosco_Brasil

Bosco José Lopes Rebello da Fonseca Brasil (São Paulo, 1960) é um autor de teatro, roteirista de telenovelas brasileiras e cinema.Formado pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, Bosco é um dos mais prestigiados autores do teatro brasileiro.No teatro, em 1994 assume a direção artística do Teatro de Câmara de São Paulo, do qual é co-fundador. Em 1995 cria a Caliban Editorial, lançando a coleção Teatro Brasileiro de Bolso, dedicada à dramaturgia contemporânea brasileira.
Bosco Brasil 
Bosco José Lopes Rebello da Fonseca Brasil (São Paulo, 1960) é um autor de teatro, roteirista de telenovelas brasileiras e cinema. Formado pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, Bosco é um dos mais prestigiados autores do teatro brasileiro. No teatro, em 1994 assume a direção artística do Teatro de Câmara de São Paulo, do qual é co-fundador. Em 1995 cria a Caliban Editorial, lançando a coleção Teatro Brasileiro de Bolso, dedicada à dramaturgia contemporânea brasileira. Como dramaturgo, teve vários textos encenados como Esquina dos Otários (1983), Jornal das Sombras (1986), Morto não Assina (1993), Qualquer um de Nós (1996), Os Coveiros (1998, que ganha nova montagem sob o título Abelardo e Berilo em 2008), Corações Encaixotados (2006), Cem gramas de Dentes (2007), Longe da Vista Chinesa (2009), entre outros. . Em 1994 conquista os prêmios Moliére e Shell com a peça "Budro". Em 1995 recebe a indicação de melhor texto aos prêmios Shell e Mambembe, por Atos & Omissões. Em 2000 sua peça O Acidente é indicada ao prêmio Shell de melhor texto . Seu texto mais conhecido e encenado, Novas Diretrizes em Tempos de Paz, ganhou o prêmio Shell e APCA de 2001 e foi encenado em diversos países. Em 2009 recebeu indicação ao Prêmio Shell, Qualidade Brasil e APTR por Cheiro de Chuva - o espetáculo ficou em quinto lugar na votação on line dos melhores do ano do Guia da Folha.. Em 2011 é indicado ao Prêmio Contigo pelo texto "Blitz". Roteirista de novelas, no SBT escreveu As Pupilas do Senhor Reitor. Na Rede Record, foi colaborador da novela Essas Mulheres (assinada por Rosane Lima e Marcílio Moraes). Ainda na Record assina, como autor principal Bicho do Mato, em parceria com Cristianne Fridman. Na Rede Globo escreveu O Amor Está no Ar, Anjo Mau (remake realizado em 1997), As Filhas da Mãe, Torre de Babel, Coração de Estudante, episódios de Carga Pesada . Na Globo escreve como autor principal, Tempos Modernos, exibida do dia 11 de janeiro de 2010 na faixa das 19h da Rede Globo até dia 16 de julho de 2010. A novela contou com a supervisão de texto do veterano Aguinaldo Silva. Em 2013, escreveu os especiais de fim de ano da Record, Noite de Arrepiar e Casamento Blindado, e, em 2014, a série Conselho Tutelar, 2014, primeira temporada, e segunda temporada, 2015. No cinema escreveu os premiados "Máscara Negra" (curta metragem) e Tempos de Paz com direção de Daniel Filho, adaptação de sua peça de maior sucesso, "Novas Diretrizes em Tempos de Paz", protagonizado por Tony Ramos e Dan Stulbach, entre outros. Em 2015 representou o Brasil, a convite do Ministério da Cultura, no Salão do Livro de Paris. e estreou seu primeiro musical: "Radiofonias Brasileiras", peça contemplada pelo Programa de Fomento à Cultura Carioca. 
xsd:nonNegativeInteger 120 
xsd:integer 838670 
xsd:nonNegativeInteger 15295 
xsd:integer 44675307 

data from the linked data cloud