Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros de São Paulo

http://pt.dbpedia.org/resource/Bolsa_de_Valores,_Mercadorias_e_Futuros_de_São_Paulo

A Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros de São Paulo (BM&FBOVESPA S.A.) é a bolsa oficial do Brasil. Sediada em São Paulo, a BM&FBovespa é a segunda maior bolsa de valores do mundo em valor de mercado . Em 8 de maio de 2008, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) e a Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F) fundiram-se, dando origem a uma nova instituição batizada de BM&FBOVESPA. A BM&FBovespa está ligada a todas as bolsas de valores brasileiras, incluindo a Bolsa de Valores do Rio de Janeiro (BVRJ), onde são negociados apenas títulos. O indicador de referência da BM&FBovespa é o Ibovespa. Havia 450 empresas negociadas na BM&FBovespa em 30 de abril de 2008.
Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros de São Paulo 
São Paulo Cidade de São Paulo 
xsd:integer 220 
xsd:integer 250 
Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros 
Brasil 
Bolsa de Valores 
xsd:integer 363 
<usDollar> 8.43E11 
Edemir Pinto (CEO) 
A Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros de São Paulo (BM&FBOVESPA S.A.) é a bolsa oficial do Brasil. Sediada em São Paulo, a BM&FBovespa é a segunda maior bolsa de valores do mundo em valor de mercado . Em 8 de maio de 2008, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) e a Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F) fundiram-se, dando origem a uma nova instituição batizada de BM&FBOVESPA. A BM&FBovespa está ligada a todas as bolsas de valores brasileiras, incluindo a Bolsa de Valores do Rio de Janeiro (BVRJ), onde são negociados apenas títulos. O indicador de referência da BM&FBovespa é o Ibovespa. Havia 450 empresas negociadas na BM&FBovespa em 30 de abril de 2008. Em 20 de maio de 2008, o índice Ibovespa atingiu seu décimo recorde consecutivo, fechando em 73.516 pontos, com um volume cujos títulos são negociados a 4,2 bilhões de dólares. Em 29 de agosto de 2014 as empresas cotadas na Bovespa bateram o maior recorde da história em valor de mercado, todas as 328 companhias listadas na bolsa brasileira valiam 2,595 trilhões de reais. Em 2015, o Ibovespa fechou o ano com queda de 13% aos 43.349 pontos. Foi a terceira queda seguida anual. Em 2014, a Bovespa teve desvalorização de 2,91% e em 2013, a queda anual da bolsa foi de 15,5%. 
xsd:nonNegativeInteger 184 
xsd:integer 1961877 
xsd:nonNegativeInteger 19685 
xsd:integer 44452752 

data from the linked data cloud