Boeing 777

http://pt.dbpedia.org/resource/Boeing_777

O Boeing 777 é uma aeronave widebody bimotor turbofan desenvolvida e fabricada pela Boeing. É a maior aeronave bimotora do mundo, com capacidade de 314 a 550 passageiros, divididos de 1 a 3 classes, com um alcance de 5 235 a 9 380 milhas náuticas (9 695 a 17 372 quilômetros). Comumente referido como o Triple Seven, suas características incluem o maior motor turbofan do mundo, seis rodas em cada trem de pouso principal, seção transversal da fuselagem totalmente circular, e um cone de cauda em formato de lâmina. Desenvolvido em parceria com oito linhas aéreas, o 777 foi projetado para substituir os mais antigos aviões widebody. O 777 foi a primeira aeronave comercial produzida pela Boeing equipada com o sistema fly-by-wire, permitindo controles mediados por computador.
Boeing 777 
right 
xsd:integer 1995  1996  1998  1999  2001  2002  2003  2004  2007  2008  2009 
xsd:integer 777 
Paul 
Eden 
Scribner 
Vintage 
Zenith Press 
ACM SIGGRAPH 
Aerospace Publications 
Amber Books Ltd 
HiT Entertainment 
Ian Allen Publishing 
McGraw-Hill Professional 
Motorbooks International 
Zenith Imprint 
Third 
Boeing 
Cathay Pacific Boeing 777-267; B-HNL@HKG;31.07.2011 614nq 1.jpg 
FedEx Boeing 777F N858FD.jpg 
Boeing 777-319 Air New Zealand ZK-OKQ, LHR London, England , United Kingdom PP1367515699.jpg 
xsd:integer 978 
Boeing 777-319ER da Air New Zealand pousando Aeroporto de Londres Heathrow 
Londres 
Nova Iorque 
Minneapolis, Minnesota 
London/New York 
Osceola, Wisconsin 
St. Paul, Minnesota 
Boeing 777 
John 
Craig 
Philip 
Bill 
Mark 
Robert 
William 
Guy 
Karl 
Gerard 
Alexander T. 
Clarence C. 
xsd:integer 1993 
harv 
Entregas 
Pedidos 
xsd:integer 21 
Guinness World Records 
Boeing versus Airbus: The Inside Story of the Greatest International Competition in Business 
Civil Aircraft Today: The World's Most Successful Commercial Aircraft 
Boeing 777 
Boeing 777, Jetliner for a New Century 
Boeing 777: The Technological Marvel 
Boeing 787 Dreamliner 
Commercial Aviation Safety 
FlyThru the Boeing 777 
Inside Boeing: Building the 777 
Modern Boeing Jetliners 
Modern Civil Aircraft: 6, Boeing 757/767/777 
The International Directory of Civil Aircraft 2003/2004 
Rodrigues 
Wagner 
Wells 
Norris 
Abarbanel 
Birtles 
Frawley 
Glenday 
McNeely 
Newhouse 
Sabbagh 
Yenne 
xsd:integer 777 
xsd:integer 199  200 
* 777-200ER: US$ 261 milhões * 777-200LR: US$ 296 milhões * 777-300ER: US$ 320 milhões * 777F: US$ 300 milhões 
xsd:integer 314 
xsd:integer 1313 
xsd:integer 12930 
xsd:integer
xsd:double 0.87 
xsd:integer 950 
green 
skyblue 
, com a United Airlines 
xsd:integer
xsd:integer 905 
O Boeing 777 é uma aeronave widebody bimotor turbofan desenvolvida e fabricada pela Boeing. É a maior aeronave bimotora do mundo, com capacidade de 314 a 550 passageiros, divididos de 1 a 3 classes, com um alcance de 5 235 a 9 380 milhas náuticas (9 695 a 17 372 quilômetros). Comumente referido como o Triple Seven, suas características incluem o maior motor turbofan do mundo, seis rodas em cada trem de pouso principal, seção transversal da fuselagem totalmente circular, e um cone de cauda em formato de lâmina. Desenvolvido em parceria com oito linhas aéreas, o 777 foi projetado para substituir os mais antigos aviões widebody. O 777 foi a primeira aeronave comercial produzida pela Boeing equipada com o sistema fly-by-wire, permitindo controles mediados por computador. O 777 entrou em serviço com a United Airlines em 7 de junho de 1995. Até maio de 2015, 60 companhias aéreas haviam encomendado 1 852 aeronaves, com 1 304 entregas. A variante mais comum e bem sucedida é o 777-300ER com 786 encomendas. A Emirates opera a maior frota de 777, com 138 aeronaves. O 777 foi envolvido em cinco acidentes com perda total, sendo o voo Asiana Airlines 214, em julho de 2013, o primeiro acidente fatal da aeronave. Atualmente, o 777 é um dos modelos mais vendidos da Boeing. As companhias aéreas adquiriram a aeronave como uma alternativa eficiente em termos de combustível a outros jatos widebody e tem sido cada vez mais implantado em rotas de longo curso, principalmente as transoceânicas. As aeronaves concorrentes são o Airbus A330, o Airbus A350 XWB, o Airbus A340 e o McDonnell Douglas MD-11. O Boeing 787 Dreamliner, que entrou em serviço em 2011, apresenta um design semelhante ao do 777. Em novembro de 2013, a Boeing anunciou o desenvolvimento de novas variantes, o 777-8X e 777-9X, chamadas coletivamente de 777X, que apresentaram novidades como asas compostas, motores GE9X e outras tecnologias desenvolvidas também para o 787. A série 777X está prevista para entrar em serviço até 2020. 
xsd:nonNegativeInteger 299 
xsd:integer 86767 
xsd:nonNegativeInteger 136397 
xsd:integer 44853976 

data from the linked data cloud