Beatriz Galindo

http://pt.dbpedia.org/resource/Beatriz_Galindo an entity of type: Thing

Beatriz Galindo (Salamanca, c. 1465 – Madri, 23 de novembro de 1535) foi uma educadora espanhola. Foi escritora e humanista, preceptora da Rainha Isabel I de Castela e de suas crianças. Ela foi uma das mulheres mais bem educadas da época. Não há muita certeza sobre a data de nascimento, alguns acreditam em 1464.Escreveu em latim, é autora de três obras: "Comentários sobre Aristóteles", "Notas Sábias sobre os Antigos" e "Poesias Latinas". Porém, nenhuma destas obras resistiu ao tempo.
Beatriz Galindo 
Férnan 
Nuflo 
xsd:integer 200 
Beatriz Galindo.jpg 
xsd:integer 23 
c. 1465 
Beatriz Galindo 
Educadora 
Beatriz Galindo (Salamanca, c. 1465 – Madri, 23 de novembro de 1535) foi uma educadora espanhola. Foi escritora e humanista, preceptora da Rainha Isabel I de Castela e de suas crianças. Ela foi uma das mulheres mais bem educadas da época. Não há muita certeza sobre a data de nascimento, alguns acreditam em 1464. Beatriz Galindo nasceu numa família de origem Zamoraniana da nobreza baixa de fidalgos, originalmente abastada mas quase destituída depois da Guerra Civil. A família escolheu Beatriz entre as irmãs para ser religiosa, visto que ela demonstrava interesse pela leitura, então permitiram que aprofundasse os estudos na Escola de Gramática e na Universidade de Salamanca, para ajudar na carreira antes das Ordenações, mas a grande habilidade com o Latim já a levou para uma vida acadêmica antes dos 12 anos de idade. Beatriz Galindo recebeu educação na Itália onde conquistou o diploma de Latim e de Filosofia na Universidade de Salerno. As Universidades italianas recebiam muito bem estudantes mulheres. É provável que tenha sido estudante da grande Escola Espanhola Antonio de Nebrija. Ela foi apelidada de 'La Latina' por exibir habilidades em Latim, e se tornou professora na Universidade de Salamanca, onde ensinou retórica e filosofia. Em 1485 chega à corte da Rainha Isabel I de Castela. Foi preceptora desta rainha e de suas filhas, um trabalho que exerceu por 19 anos. Ensinou Maria de Aragão e Castela, futura rainha de Portugal; Catarina de Aragão, futura mulher de Henrique VIII da Inglaterra e Joana de Castela, futura mulher de Filipe de Habsburgo e mais tarde conhecida como Joana, a Louca. Escreveu em latim, é autora de três obras: "Comentários sobre Aristóteles", "Notas Sábias sobre os Antigos" e "Poesias Latinas". Porém, nenhuma destas obras resistiu ao tempo. Em dezembro de 1491 casou-se com Francisco Ramírez de Madrid, com quem teve dois filhos: Fernán Ramírez e Nuflo Ramírez. Foi uma das primeiras mulheres a ter uma ativa vida pública durante a Renascença. Fundou em Madri no ano de 1507 o Hospital da Conceição de Nossa Senhora, mais conhecido como Hospital da La Latina. Também foi fundadora de dois conventos de monjas, da Ordem Jerônima e da Ordem Franciscana. A vizinhança em Madri, onde ela havia morado, é hoje conhecida como La Latina por causa do apelido que lhe fora dado. Há várias estátuas em sua homenagem nas cidades de Salamanca e Madri. 
xsd:nonNegativeInteger 34 
Beatriz Galindo 
xsd:integer 3369494 
xsd:nonNegativeInteger 5476 
xsd:integer 44750182 

data from the linked data cloud