Bangerz

http://pt.dbpedia.org/resource/Bangerz an entity of type: Thing

Bangerz é o quarto álbum de estúdio da artista musical estadunidense Miley Cyrus. O seu lançamento ocorreu em 4 de outubro de 2013, através da RCA Records. O material continua a retratar uma imagem mais provocativa de Cyrus, seguindo a mesma linha de Can't Be Tamed. O disco possui uma sonoridade inspirada por gêneros urbanos como o dance e o hip hop. Liricamente, as faixas referem-se ao amor e a festas, e no caso de canções como "We Can't Stop" e "Do My Thang", à independência. Descrito por Cyrus como um "sujo hip hop sulista", Bangerz apresenta uma mudança musical de projetos anteriores da artista, de cujos materiais Cyrus disse estar "desconectada".
Bangerz 
left 
right 
xsd:integer
sim 
Produtor 
sim 
<second> 30.0 
<second> 255.0  232.0  200.0  202.0  223.0  225.0  243.0  264.0  278.0  288.0  169.0  191.0  219.0  231.0  213.0 
Mike L. Williams II, Pierre Ramon Slaughter, Timothy Thomas, Theron Thomas, Miley Cyrus, Douglas Davis, Ricky Walter 
P. Williams 
M. Williams, Slaughter, Timothy Thomas, Theron Thomas, Cyrus, McDonald 
P. Williams, Cyrus 
Pharrell Williams, Cornell Hayes Jr., Cyrus 
Rami Samir Afuni, McDonald, Cyrus, Karim Kharbouch 
Stacy Barthe, Oren Yoel 
Lukasz Gottwald, Maureen Anne McDonald, Stephan Moccio, Sacha Skarbek, Henry Walter 
Williams II, Slaughter, Samuel Jean, Cyrus 
M. Williams, Slaughter, Jean, Asia Bryant, Cyrus, Christopher Bridges 
M. Williams, Middlebrooks, Sean Anderson, Garrett, Cyrus 
M. Williams, Slaughter, Cameron Ochs, John Shanks, Tyler Sam Johnson, Cyrus 
M. Williams, Marquel Middlebrooks, Sean Garrett, Cyrus 
Cyrus, William Adams, Michael McHenry, Ryan Buendia, Kyle Edwards, Jean Baptiste 
M. Williams, Slaughter, Nayvadius Wilburn, Jeremih Felton, Cyrus, Jerry Leiber, Mike Stoller, Ben E. King 
Yoel 
P. Williams 
Afuni 
McHenry, Edwards, will.i.am 
Mike Will Made It, Marz 
Mike Will Made It, P-Nast 
Mike Will Made It, P-Nasty 
Mike Will Made It, P-Nasty, Tyler Sam Johnson 
Mike Will Made-It, P-Nasty, Rock City 
A imagem controversa de Cyrus foi comparada às fases semelhantes experimentadas por Britney Spears e Christina Aguilera . 
Toxic 2009 Boston.jpg 
Stripped Tour CH - cropped.jpg 
Miley Cyrus - Bangerz.jpg 
Bangerz 
com Nelly 
com Ludacris 
com Britney Spears 
com Big Sean 
com Future 
com French Montana 
direita 
Miley Cyrus, Mike Will Made It 
Rami Afuni, Cirkut, Dr. Luke, Kyle Edwards, Marz, Mike McHenry, P-Nasty, will.i.am, Pharrell Williams, Oren Yoel 
<second> 6.31152E8 
"Isso não significa que essa personalidade não possa mudar novamente. Basta olharmos para as várias faces de Christina Aguilera durante o término de sua puberdade ou para Madonna, inclusive, para saber que os artistas podem evoluir e permanecer relevantes em um mercado em constante mudança". 
— Cyrus descrevendo a transição artística que experimentou durante a produção de Bangerz. 
— Lori Landew, da Fox Rothschild, notando o potencial de Cyrus em adotar outra imagem pública ao compará-la com outras mulheres em um contexto semelhante. 
estúdio 
Faixas bônus da edição deluxe 
xsd:integer
Drive 
Get It Right 
On My Own 
"4x4" 
Do My Thang 
FU 
Hands in the Air 
Love Money Party 
Maybe You're Right 
My Darlin' 
Rooting for My Baby 
Someone Else 
xsd:integer 150  160  25.0 
Rolling Stone 
PopMatters 
The Observer 
Slant Magazine 
The Guardian 
The A.V. Club 
Entertainment Weekly 
Los Angeles Times 
<second> 3036.0  3662.0 
xsd:integer 2012 
Chalice Recording Studios 
Glenwood Studios 
South Beach Studios 
Capitol Studios 
Nightbird Studios 
Conway Recording Studios 
Circle House Studios 
Harmoney Studios 
Luke's In the Boo 
Maison de Musique 
Monster Island Studio 
sim 
Bangerz é o quarto álbum de estúdio da artista musical estadunidense Miley Cyrus. O seu lançamento ocorreu em 4 de outubro de 2013, através da RCA Records. O material continua a retratar uma imagem mais provocativa de Cyrus, seguindo a mesma linha de Can't Be Tamed. O disco possui uma sonoridade inspirada por gêneros urbanos como o dance e o hip hop. Liricamente, as faixas referem-se ao amor e a festas, e no caso de canções como "We Can't Stop" e "Do My Thang", à independência. Descrito por Cyrus como um "sujo hip hop sulista", Bangerz apresenta uma mudança musical de projetos anteriores da artista, de cujos materiais Cyrus disse estar "desconectada". Optando por reestabilizar sua carreira musical em vez de focar-se na carreira cinematográfica como originalmente planejado, Cyrus começou a desenvolver Bangerz em 2012. O trabalho continuou em 2013, época em que a artista saiu da Hollywood Records e subsequentemente assinou um contrato com a RCA Records. Como produtora executiva do projeto, Cyrus escolheu Mike Will Made It e outros produtores de hip hop que a auxiliaram a desenvolver canções para um novo som de sua careira musical, incluindo Cirkut, Pharrell Williams e will.i.am. O disco apresenta participações dos artistas compatriotas Britney Spears, Big Sean, Future, Ludacris, Nelly e do rapper marroquino French Montana nas faixas "SMS (Bangerz)", "Love Money Party", "My Darlin'", "Hands in the Air", "4x4" e "FU", respectivamente. Bangerz recebeu revisões positivas da mídia especializada, a qual prezou sua produção e sua originalidade; contudo, outros resenhadores criticaram o disco por mostrar uma imagem mais "selvagem" de Cyrus. De tal forma, foi indicado à Best Pop Vocal Album nos Grammy Awards de 2015, mas perdeu para In the Lonely Hour (2014), do britânico Sam Smith. Comercialmente, o disco foi bem sucedido, liderando as tabelas de álbuns da Austrália, do Canadá, dos Estados Unidos e de outros seis países, ao passo que qualificou-se entre os dez primeiros na Áustria, na Bélgica, na Dinamarca e em outras doze nações. Nos Estados Unidos, Bangerz converteu-se no quinto álbum de Cyrus a debutar não-consecutivamente na liderança da Billboard 200, incluindo as trilhas sonoras onde ela foi creditada como a personagem Hannah Montana. Foi a terceira melhor estreia de um álbum feminino em 2013, atrás apenas de Prism, de Katy Perry e do álbum autointitulado de Beyoncé. "We Can't Stop" foi lançada como a primeira faixa de trabalho do disco em 3 de junho de 2013 e atingiu a vice-liderança da Billboard Hot 100. O segundo single retirado do material foi "Wrecking Ball", que tornou-se a primeira canção de Cyrus a liderar a Billboard Hot 100 devido ao seu controverso vídeo musical, que converteu-se na produção com mais visualizações em 24 horas na plataforma de vídeos Vevo; este recorde foi posteriormente quebrado por "Anaconda", de Nicki Minaj. "Adore You" serviu como o terceiro foco de promoção do trabalho em 17 de dezembro de 2013 e teve um desempenho médio nas tabelas musicais, atingindo a 21ª colocação como melhor na Billboard Hot 100. Um remix da faixa, feito por Cedric Gervais, foi lançado no dia 3 de março de 2014. Como forma de divulgação, Cyrus apresentou faixas do disco em programas televisivos; a apresentação de "We Can't Stop" durante os MTV Video Music Awards de 2013 recebeu grande atenção da imprensa internacional. A divulgação de Bangerz continuou com a turnê Bangerz Tour, que teve início na cidade de Vancouver no dia 14 de fevereiro de 2014. 
Inglês 
xsd:nonNegativeInteger 472 
Bangerz 
xsd:integer 4101053 
xsd:nonNegativeInteger 130938 
xsd:integer 44702187 

data from the linked data cloud