Back to Black (canção)

http://pt.dbpedia.org/resource/Back_to_Black_(canção) an entity of type: Thing

"Back to Black" é uma canção gravada pela cantora e compositora britânica Amy Winehouse para o seu segundo álbum de estúdio homônimo, Back to Black (2006). A sua composição foi realizada pela própria vocalista com o auxílio de Mark Ronson, que também ficou responsável pela sua produção. Derivada de origens estilísticas de neo soul e blues, a faixa descreve o seu relacionamento conturbado com o ex-assistente de vídeo Blake Fielder-Civil e possui como temática lírica a mágoa que a artista sente com a infidelidade e a perda do amante. Foi lançada como o terceiro single do disco em 27 de abril de 2007 na Irlanda e três dias depois no Reino Unido, através da editora discográfica Island Records.
Back to Black (canção) 
right 
xsd:integer 2008 
LightCyan 
xsd:integer
<second> 240.0  228.0  233.0  241.0  213.0 
português 
Amy Winehouse - Back to Black Capa .jpg 
xsd:integer 978 
Chas 
Back to Black 
Jo Whiley Live Lounge 
Remix - Rumble Strips, The 
xsd:integer
Ronson 
Sei que há pessoas no mundo que têm problemas piores que se apaixonar e ver isso explodir na sua cara. Mas eu não queria apenas acordar bebendo, e chorando, e escutar as Shangri-Las, e ir dormir, acordar bebendo, e escutar as Shangri-Las. Então eu transformei isso em música, e foi assim que consegui atravessar a crise. 
true 
Newkey-Burden 
— Amy Winehouse sobre o fim do seu relacionamento, que serviu de inspiração para a composição. 
CD single do Reino Unido e Irlanda 
Maxi single do Reino Unido 
LP limitado do Reino Unido 
Back to Black 
Amy Winehouse Biografia 
Hey Little Rich Girl 
Back To Black 
<perCent> 22.0 
"Valerie"/"Hey Little Rich Girl" 
"Tears Dry on Their Own" 
"You Know I'm No Good" 
sim 
não 
"Back to Black" é uma canção gravada pela cantora e compositora britânica Amy Winehouse para o seu segundo álbum de estúdio homônimo, Back to Black (2006). A sua composição foi realizada pela própria vocalista com o auxílio de Mark Ronson, que também ficou responsável pela sua produção. Derivada de origens estilísticas de neo soul e blues, a faixa descreve o seu relacionamento conturbado com o ex-assistente de vídeo Blake Fielder-Civil e possui como temática lírica a mágoa que a artista sente com a infidelidade e a perda do amante. Foi lançada como o terceiro single do disco em 27 de abril de 2007 na Irlanda e três dias depois no Reino Unido, através da editora discográfica Island Records. A obra foi bem recebida pela crítica contemporânea especialista após o seu lançamento, que a comparou aos trabalhos da banda The Supremes e das Vandellas e ao drama presente nas canções dos grupos femininos dos anos 1960, como The Shangri-Las. No campo comercial, também obteve destaque, principalmente após a morte da cantora, em 2011. No Reino Unido, o tema debutou na 73.ª posição da lista oficial dos mais vendidos e conseguiu como posição mais elevada o número 25, em 2007, vindo a conquistar uma nova posição pico em 2011, ao catalogar-se no oitavo lugar. Nos Estados Unidos, não se posicionou na principal parada musical do país, a Billboard Hot 100, figurando apenas nos 55.º e 19.º postos dos periódicos genéricos Digital Songs e R&B Songs. No continente europeu, obteve um desempenho mais exitoso, tendo atingido as vinte primeiras posições das tabelas da Áustria, Holanda, França, Alemanha, Espanha e Suíça, alcançando o número um na Grécia e Polônia. No Brasil, a composição também não conseguiu entrar na parada publicada pela edição nacional da revista Billboard, mas ainda assim foi premiada pela Associação Brasileira dos Produtores de Discos (ABPD) com disco de ouro, por mais de oitenta mil cópias distribuídas no país. Em reconhecimento ao trabalho da intérprete, o material foi eleito um dos melhores singles lançados em 2007 e, ainda, figurou na lista "Melhores Músicas dos Anos 2000", da revista Rolling Stone. Como forma de divulgação, a artista executou-a em vários programas de televisão, como The Album Chart Show, da rede Channel 4, e incluiu-a no repertório da turnê promocional do álbum, além de lançar um vídeo musical através do seu canal no serviço Vevo. 
xsd:nonNegativeInteger 229 
Back to Black 
xsd:integer 1898272 
xsd:nonNegativeInteger 43888 
xsd:integer 41532568 

data from the linked data cloud