Bíblia King James Atualizada

http://pt.dbpedia.org/resource/Bíblia_King_James_Atualizada

A Bíblia King James Atualizada (BKJA), em português, foi lançada no Brasil em 2011, como edição comemorativa dos 400 anos da Bíblia do Rei Tiago (em inglês: "Authorized King James Version"). Esta tradução inglesa foi publicada há mais de 400 anos e produzida pelos 50 mais notáveis exegetas e biblistas britânicos da época, súditos do rei evangélico James I (Tiago Primeiro). Em português, a BKJA destaca-se pelo seu português erudito, nobre, e, sobretudo, claro e compreensível, atendendo a pessoas de todos os graus do conhecimento.
Bíblia King James Atualizada 
Abba Press & Sociedade Bíblica Ibero-Americana 
Bíblia King James Atualizada 
BKJA 
Protestante. 
•Códices: Leningrado, Profetas do Cairo, Papiro Nash, Severi, Hillel, Muga, Jericho, Yerushalmi, etc) 
•Bíblia Hebraica Stuttgartensia 
•Manuscritos do Mar Morto 
•Novum Testamentum Graece 
•Pentateuco Samaritano 
•Septuaginta 
•Textus Receptus 
•Vulgata 
xsd:integer 2011 
Bíblia King James Atualizada 
A Bíblia King James Atualizada (BKJA), em português, foi lançada no Brasil em 2011, como edição comemorativa dos 400 anos da Bíblia do Rei Tiago (em inglês: "Authorized King James Version"). Esta tradução inglesa foi publicada há mais de 400 anos e produzida pelos 50 mais notáveis exegetas e biblistas britânicos da época, súditos do rei evangélico James I (Tiago Primeiro). Em português, a BKJA destaca-se pelo seu português erudito, nobre, e, sobretudo, claro e compreensível, atendendo a pessoas de todos os graus do conhecimento. Com as descobertas e avanços científicos das últimas décadas, têm-se colocado em evidência numerosas diferenças entre os vários manuscritos, denominadas “variantes textuais”, de maneira que quando se compara as mais reconhecidas traduções do mundo moderno: “King James de 1611” (em inglês); a “Reina-Valera de 1862” (em espanhol); e a estimada João Ferreira de Almeida (em português), publicada pela primeira vez no Brasil pela Imprensa Bíblica Brasileira, em 1943; com manuscritos originais mais antigos e fidedignos que aqueles que serviram de base para essas excelentes traduções, se manifestam algumas discrepâncias e erros textuais importantes, os quais a tradução da Bíblia King James Atualizada procura corrigir. Esse foi o motivo da formação da Sociedade Bíblica Ibero-Americana, e muito especialmente do seu Comitê Internacional de Tradução, dirigido inicialmente por seus fundadores: Dr. Carlos W. Fushan, Dr. Bruce M. Metzger, Dr. Francisco Lacueva, e presidido no Brasil pelo Pr. Oswaldo Paião, membro da Igreja Batista do Morumbi e diretor editorial da Abba Press, responsável pela tradução dessa obra para a língua portuguesa. Assim como foi o sentimento do rei Tiago I (King James I), quando em 1607, atendendo a um pedido da Igreja, e sendo o próprio rei um cristão apaixonado pelo estudo bíblico, reuniu cerca de 50 dos melhores exegetas e eruditos do seu tempo. Também o Comitê Internacional de Tradução da Bíblia King James decidiu preservar o que de melhor há nas excelentes e consagradas traduções de King James (1611), Reina-Valera (1862), e João F. de Almeida (1943); isto é: sua forma, estilo literário (levando em consideração que William Shakespeare foi amigo particular e grande colaborador linguístico do Rei Tiago I), riqueza de expressões, ainda hoje presentes na cultura bíblica de todo leitor das Sagradas Escrituras. A Bíblia King James Atualizada, em português, não constitui uma tradução direta da Authorized King James Version, em inglês ─ embora preserve o estilo clássico e majestoso desta ─, mas sim uma tradução dos mais antigos e fiéis manuscritos das línguas originais (hebraico, aramaico, e grego). Suas bases textuais foram: os Manuscritos do Mar Morto (os documentos mais antigos das Escrituras descobertos no séc. XX); Textus Receptus; a Septuaginta (a mais antiga tradução grega do Antigo Testamento); a Vulgata (a mais antiga tradução em latim dos originais em hebraico, aramaico e grego); os diversos documentos bíblicos fundamentais (como os Códices: Leningrado, Profetas do Cairo, Papiro Nash, Severi, Hillel, Muga, Jericho, Yerushalmi, etc); O Pentateuco (a Torá) Samaritano (séc. 4 a.C.); a Bíblia Hebraica Stuttgartensia; e o Novum Testamentum Graece (exegeses do Instituto Nestle-Aland). Além de contribuições de inúmeros exegetas, linguistas, filólogos, biblistas, arqueólogos, teólogos; eruditos de diversas áreas do saber. Essa tradução bíblica conta com 66 livros, notas explicativas, devocionais de rodapé, e os nomes pessoais transliterados do original seguido dos respectivos em português; por exemplo: Isaías 1.1 "Visão sobre Judá e Jerusalém, entregue a Ieshaiáhu ben Amóts, Isaías, filho de Amoz, nos dias de Uziáhu, Uzias,Iotam, Jotão, Ahaz, Acaz e Iehizkiáhu, Ezequias, reis de Judá." 
xsd:nonNegativeInteger 35 
xsd:integer 4881267 
xsd:nonNegativeInteger 6156 
xsd:integer 43751526 

data from the linked data cloud