Augusta dos Tréveros

http://pt.dbpedia.org/resource/Augusta_dos_Tréveros

Augusta dos Tréveros (em latim: Augusta Treverorum) era uma cidade da província da Germânia Inferior do Império Romano, as margens do rio Mosela. Era o assentamento antecedente à atual cidade de Tréveris e uma das três cidades ao norte dos Alpes que levaram o nome do imperador Augusto (r. 27 a.C.–14 d.C.)
Augusta dos Tréveros 
xsd:integer 1971 
xsd:integer 1984 
xsd:integer 1990 
xsd:integer 1991 
xsd:integer 2008 
xsd:integer 2009 
xsd:integer 2012 
século II 
Tácito 
Peter Heather 
Augustus und die Anfänge des römischen Trier 
Die Trierer Talweite in der Latènezeit 
Die älteste Besiedlung der Trierer Talweite von der Altsteinzeit bis zur Hallstattzeit 
Império 
xsd:integer 1000000 
Bradt Travel Guides 
Praeger 
Simon & Schuster 
Editorial Critica 
Harrassowitz 
Theiss 
ca. 
Augusta Treverorum Stadtplan.png 
xsd:integer 250 
xsd:integer
xsd:integer 978 
xsd:integer 671710214 
xsd:integer 1841624241 
xsd:decimal 8484326926 
xsd:integer 49 
xsd:integer 45 
xsd:integer 35 
Plano de Augusta dos Tréveros 
Estugarda 
Wiesbaden 
Mogúncia 
xsd:integer
xsd:integer 38 
xsd:integer 38 
Alemanha 
Localização de Augusta dos Tréveros na Alemanha 
Peter 
John 
Tim 
Lothar 
Alfred 
Heinz 
Jennifer 
Augusta dos Tréveros 
Edith Mary 
Hartwig 
Início da ocupação 
harv 
Tácito 
Haffner 
Wightman 
Heinen 
Heather 
Ardagh 
Cüppers 
Löhr 
Morscheiser-Niebergall 
Schwinden 
Skelton 
Luxembourg 
Anais 
Die Anfänge Triers im Kontext augusteischer Urbanisierungspolitik nördlich der Alpen 
Die Römer in Rheinland-Pfalz 
Fundstücke: von der Urgeschichte bis zur Neuzeit 
La caída del imperio romano 
Roman Trier and the Treveri 
The Shell Guide to Germany 
Trier / Augustusstadt der Treverer: Stadt und Land in vor- und frührömischer Zeit 
http://penelope.uchicago.edu/Thayer/E/Roman/Texts/Tacitus/home.html 
Augusta dos Tréveros (em latim: Augusta Treverorum) era uma cidade da província da Germânia Inferior do Império Romano, as margens do rio Mosela. Era o assentamento antecedente à atual cidade de Tréveris e uma das três cidades ao norte dos Alpes que levaram o nome do imperador Augusto (r. 27 a.C.–14 d.C.) Os primeiros assentamentos datam de tempos pré-históricos. No bairro romano dos oleiros, às margens do Mosela, detectou-se elementos da Cultura da cerâmica linear. A zona provavelmente havia sido desflorestada e um vau se encontrava no lugar onde os romanos construíram a primeira ponte de madeira sobre o Mosela em 17 a.C. (segundo datação dendrocronológica). Supõe-se que a cidade tenha sido fundada por esta época. Os fragmentos de uma inscrição sobre um monumento dos netos de Augusto, Lúcio e Caio, falecidos em 2 e 4 d.C. respectivamente, demonstra que nos finais do reinado de Augusto o assentamento possuía estruturas urbanas. A análise dos elementos sobreviventes da época romana na área urbana confirmam esta evolução. Isso coincide com o abandono do assentamento sobre o monte vizinho, de modo que possa ter havido uma transferência do centro administrativo tribal dos tréveros. A cidade cresceu rapidamente. Tácito menciona pela primeira vez uma ponte de pedra sobre o Mosela em um relato sobre a Revolta dos Batavos em 69 e também que a cidade era uma colônia romana. Uma vez que não há nenhuma outra evidência, não está definitivamente claro se Tácito empregou o termo num sentido legal ou somente urbanístico, o que parece ser mais provável, e isso prova a importância da cidade. Em torno de 100, construiu-se as Termas do mercado de gado (também chamadas Termas do Fórum) e o anfiteatro de Tréveris. No século II, foram edificadas as Termas de Bárbara e no século IV, mais precisamente no reinado de Constantino (r. 306–337), as Termas imperiais. No século IV, Augusta dos Tréveros contava com ca. 80 000 habitantes e era a maior cidade ao norte dos Alpes. 
xsd:nonNegativeInteger 38 
xsd:integer 4504659 
xsd:nonNegativeInteger 5965 
xsd:integer 42694081 

data from the linked data cloud